Descansar!

dad in navy001

1505datebuttonOntem tomando café com meu pai ele me contou que havia falecido o último marechal-de-exército Waldemar Levy Cardoso. O último porque o posto, que era o mais alto da força, foi extinto em 1967, quando houve a reforma estrutural na corporação.

Meu velho não estava apenas lamentando a morte do marechal, mas acima de tudo, estava consternado por saber da notícia por meio de um informativo do Clube Militar. Ele resmungava: – Rapaz, a imprensa não deu uma notinha sequer. Isso é um fato histórico! O último marechal. Morreu com 108 anos. Isso é revanchismo. Essa imprensa de hoje quer massacrar os militares…

Eu sinto muito por meu pai que é um oficial general da reserva da Marinha, mas não tenho a mesma suscetibilidade em relação à mídia ou à classe política atual [no que se refere a esse tema]. Não sei como de fato os demais nascidos na década de 60 experimentaram a época da ditadura, mas eu não tinha praticamente nenhuma idéia de que algo ruim estava acontecendo. Hoje tenho uma noção histórica do que aconteceu e desaprovo intensamente. Por outro lado, há um sentimento de perseguição na velha guarda da caserna, o qual é parcialmente justificável. Como toda moeda tem dois lados, acredito que nem todos os fatos são exatamente como nós os conhecemos.

Enfim, eu havia pensado em escrever esse post como uma forma de homenagem ao meu velhinho melindroso, mas antes de tentar ser “a voz que clama no deserto” decidi dar uma pesquisadela no Google para saber se realmente o falecimento havia passado inconsiderado. Encontrei menções em diversos blogues e uma nota no site do Jornal O Globo. Mostrei para meu pai que ficou comovido e satisfeito, emendando com a seguinte solene declaração: nesse caso retiro o que falei.

Cultura Inútil

 Hierarquia Militar – Oficiais Generais

 Marinha contra-almirante **vice-almirante ***almirante-de-esquadra ****

Exército general-de-brigada**general-de-divisão***general-de-exército ****

Aeronáutica brigadeiro ** major-brigadeiro *** tenente-brigadeiro ****

2 comentários sobre “Descansar!

  1. Seu texto me fez voltar a década de 60..início da de 70.. para num tempo onde nao se podia sequer ir a Biblioteca no centro de SP (na época eu morava lá..) sem q se corresse o risco de se ver metida em uma confusao de rua qualquer… exageros??? lógico q houveram…dos dois lados, como vc mesmo disse…Mas sabe??? posso estar errada porém acredito que o q hj existe, é um certo exagero romantico daquilo tudo… muita gente desapareceu de um lado (tive alguns amigos dos quais nunca mais tive notícias..) outros tantos morreram do outro …ou foram sequestrados (Fernando Gabeira deve lembrar no mínimo de um.. a atual pretendente ao cargo de presidente da república de outros…isso so pra citar os mais famosos…rsr) sem contar gente comum do povo q morreu sem saber o pq … desses ninguem fala…. o Ibope é maior quando se faz apologia da agressividade militar…da tao famosa ditadura…. A violencia, a agressividade de quem pregava “um mundo melhor”, de quem andava com uma flor numa mao e uma arma na outra (só pra nao dizer q nao falei de flores..rsr) tornou-se poesia…. seria muito hilário se nao tivesse sido tao trágico….pra todos!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s