Calcinhas e Pombas

3005datebutton

Há diversas formas de se ganhar dinheiro nesse mundo. Infelizmente elas não são tão abundantes quanto as enésimas formas de perdê-lo.  O fato é que riquezas são obtidas na mente. E não estou me referindo a enriquecimento intelectual ou espiritual. Refiro-me a grana mesmo.

Acho que a gente deveria dedicar mais tempo para pensar em idéias que gerassem mais recursos. Idéias essas que fugissem ao padrão básico de um bom emprego, e nos levassem a uma atitude mais empreendedora. Assim sendo eu sugiro que todos separemos um determinado horário do dia para meditarmos em sacadas revolucionárias.

Foi exatamente o que fiz. Ontem eu acordei e dei corda à minha mente que prontamente me presenteou com dois fantásticos planos, os quais divido despojadamente com você que me lê.

O primeiro é o seguinte: vou entrar no ramo de treinar e vender pombos correios [1], porém de uma forma inusitada. Quero revolucionar o conceito do pombo correio. Porque pense bem: qual a graça em treinar os bichinhos para voarem juntos, levarem um recado e depois retornarem pra casa? [Difícil mesmo seria transformar as perigosas pomba girapiranhas do rio Amazonas em vegetarianas]. A proposta é transgredir e prosperar por meio de um plano astuto: cada pássaro vendido será devidamente treinado a voar de volta para mim e assim eu poderei revendê-lo para outro cliente!!! Brilhante, não é mesmo?! Com a venda de 100 pombos por semana a R$100,00 cada, terei uma renda de R$ 10.000,00 por semana, o que deve dar para financiar aquela BMW que estou namorando. 

A segunda jóia só funciona para pessoas do sexo feminino, portanto, meninas, lápis e papel na mão. Para você que está totalmente falida e sem saber o que fazer da vida, faça o seguinte: descubra na internet um sítio [ou site] onde se possa anunciar e vender coisas, digamos, incomuns. Depois, pegue uma calcinha velha e use durante dois dias. Em seguida, tire umas fotos suas da cintura pra baixo vestida apenas com a tal calcinha e publique o anúncio de venda oferecendo a cheirosa. Você tem dúvida de que surgirão inúmeros interessados em adquirir tamanha iguaria? [vide o histórico chá de calcinha, um antigo costume das mães de servir para os eventuais pretendentes um chá feito com a calcinha usada das filhas. Dizia-se que era fatal para que o homem se apaixonasse.] Pois então, compre algumas peças em liquidação, use-as durante um ou dois dias, coloque num ziplock e remeta pelo correio para os compradores tarados. Venda cada peça a R$ 100,00. À medida que o negócio for ganhando volume comece a comprar calcinhas sujas de suas amigas e as revender usando fotos de si mesma do pescoço para baixo.

Esse conceito é na verdade uma versão ultramoderna da antiga barraca de beijos. Todavia, o perigo deste tipo de “negócio” de natureza incomum, é que ele passa bem perto do segmento da prostituição e da pornografia e você tem que ter uma cabeça muito boa para não embarcar em propostas “mais polpudas”.

Eu vou ficando com as pombas, porque duvido que haja algum comprador para as minhas cuecas no E-bay ou no Mercado Livre.

 [1] Nota: Há algum tempo, um dos mais importantes vestibulares do país (o da Fuvest) se viu obrigado a alterar o gabarito de uma questão por causa do plural de ‘pombo-correio’ (em que ‘correio’ limita o sentido de ‘pombo’). De início, a banca considerou correta apenas a forma tradicional (‘pombos-correio’), mas, diante das evidências (os diversos registros nos dicionários e gramáticas), aceitou também a forma ‘pombos-correios’.

Um comentário sobre “Calcinhas e Pombas

  1. E assim surgirão inúmeras idéias revolucionárias cujo objetivo final é a renda “polpuda”, e se houverem outras propostas, cabeças inteligentes para saber como gerenciar tais “negócios”. Seria esse o segredo? rsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s