Down on High Society

0807datebgO pai de classe média alta parado em frente à loja de brinquedo tenta convencer em vão o filho de 8 anos.

– Antero Junior, um Playstation 3 seria muito melhor para você…

– Eu não quero Playstation. Eu quero um Forte Apache.

– Filho, o custo benefício do Play é bem maior.

– Quero um forte cheio de “indinhos”…

– Mas, então, que tal um Nokia 5800 touchscreen?

– Forte Apache.

– Blackberry?

– Forte Apache.

– E o que dizer de um carrinho de controle remoto? Eu vi um Porsche Carrera movido a gasolina que vem com carroceria pré-pintada, chassis de alumínio, motor PRO-18BX com recoil starter, câmbio de 2 marchas, rádio de 2 canais com receptor e 2 servos já instalados, filtro de ar com duplo elemento filtrante, tração 4 x 4 integral por carda, chaves de vela e de boca. Quer?

– Eu quero um Forte Apache [Fazendo um bico do tamanho do shopping].

O pai perdendo a paciência pede socorro à esposa que está distraída com a vitrine de uma joalheria e pensando: “quero dois daqueles, um desse, esse eu já tenho, esse é ouro branco e eu não gosto…”

pião– Açucena, faça alguma coisa! Fale com seu filho! – diz o marido exasperado.

– Nosso filho, Antero… [rolando os olhos na medida em que o excesso de botox permite]

A mãe, por conta do apertadíssimo jeans Dolce & Gabbana que comprara pela bagatela de R$2.000,00, se abaixa com muita dificuldade para falar com o menino.

– Antero Junior, filhinho, porque você quer esse brinquedinho tão pobre?

– Por que tem indinho e soldadinho.

– Mas o seu amiguinho  Bruno Assis  Acioli Souto Maior ganhou um GPS de última geração.

O menino não mais suportando a pressão se joga no chão e faz o escarcéu que todo pai, rico ou pobre, teme.

– Eu quero um Forte Apache, eu queeeeerooooo…

carro rolimã

O Antero, com medo de ser visto por algum colega do escritório e para fugir do salseiro, entra numa loja de bijuteria que, em condições normais, jamais adentraria. Açucena ao se contorcer todinha tentando tapar a boca de Antero Junior e escapar das mordidas, começa a sentir câimbras por conta da calça atochada, e por fim se rende ao menino avisando-o que irá comprar o módico e bucólico brinquedinho.

– Tá bom filhotinho! Mamãe compra, mas você vai ter que aceitar aquela viagem para Eurodisney e para Dubai, tá bom?

– Eu só vou se puder levar meu Forte Apache.

O pai ao avistar de longe o menino e a mãe na fila do caixa, sai detrás de um expositor de bijuterias que usou para se esconder e aproximando-se da esposa cochicha:

– O que podemos fazer para esse menino ter um pouco de glamour?

brinquedo antigo111

19 comentários sobre “Down on High Society

          1. kkkk
            até pq depois do divórcio eu continuo sendo A dondoca né? principalmente se ele tiver negócios espalhados por aí e se eu espertamente não tiver dado meu nome à ele e o filho cresce e pode facilmente ficar capitalista selvagem como o pai, já q o chipinho está lá, desde o nascimento.
            beijos

  1. Nossa …isto tudo foi mais uma apologia ao consumo,e ao capitalismo, a vida como ela é…
    Benza Deus os Antero Junior e a todos que andam na contramão.
    Por que eu tenho tentado…rs
    Beijo

  2. URGENTE

    Moça da alta sociedade, católica fervorosa, que encontrou o caminho da verdade na Oscar Freire (SP), adepta as biografias de quem não tem nada para contar, fã incondicional do casal Collor, que sente perplexidade diante da simplicidade, que luta para que a modéstia seja banida da face da Terra, e tem como lema de vida: Aparência é o ar que respiramos; deseja manter correspondência com *Antero Pai* para compromisso sério.
    Aguardo ansiosamente resposta.

    1. Antero pai é facilmente encontrado tomando um caffè latte no Starbucks do shopping Morumbi, ou na seção de novidades eletrônicas da FNAC. Boa sorte, dna. Juju!

      Aviso: Cuidado com as ofertas tentadoras de Dr. Antero relativo ao uso de seu nome para abrir uma “empresazinha” de lobby em Brasília. Pense bem antes de passar seus dados.

  3. Para ser pai do Júnior, terá que compartilhar momentos com a dona Açucena Botocada Preenchida da Silva… tudo na vida tem o outro lado rs

  4. Mas os pais de hoje são descerebrados, e por isso a maioria dos filhos é essa geração de débeis mentais pseudo-nerds que não vivem, não sujam os pés na lama, não soltam pipa, não jogam queimado, não pulam corda, não sabem cantar nem conhecem histórias. Só videogame, orkut, alta tecnologia, sacam tudo de linux com 12 anos, quando no topo da cadeia de inteligência infantil… sensibilidade zero. Admirável mundo novo… bela merda. 😛

  5. Esse menino aí nasceu com a alma trocada de algum moleque da década de 50 do subúrbio, pois só tendo alma do subúrbio pra ser criança de verdade…

    1. Meu bem, a Ju é uma unanimidade. Todo mundo gosta dela. Quanto a sugerir a ela que escreva um blog, acredite, eu já o fiz! Espero que ela nos leia e se convença que leva jeito para o deboche.. rs

      Bjo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s