Oxímoro

06082009Domingo às 18:35 decidi tomar um banho, vestir uma roupa e atravessar a rua para ir ao cinema no shopping. O filme Inimigos Públicos começava às 19:05. Cheguei ao shopping às 19:03, o que me deu tempo para comprar umas balinhas azedas no quiosque de doces, o ingresso com a minha carteirinha falsificada de estudante, 1 copão de  1 litro de coca-cola e um sacão de pipoca. Eu precisava salvar o meu domingo com algumas indulgências. Eu tinha vintão no bolso, deu na mosca!

O filme começou e terminou. Excelente figurino, excelente fotografia, excelente música, fraquíssimo enredo. Deu pro gasto e não vai pra minha lista de indicações. Entretanto, não estou tentando fazer crítica de cinema porque esta não é a proposta do blog  e também porque não sou qualificado.

John Dillinger o famoso assaltante de bancos foi interpretado por Johnny Depp que provou ser um excelente ator além de trazer muito sex appeal e conseqüentemente público feminino. Enfim, muito tiro, muita morte, muito sangue, tudo glamourizado com um tocante romance inventado. Dillinger era um malfeitor, mas foi visto como um Robin Hood por muitos – semelhante a Virgulino Ferreira da Silva, Lampião,  o nosso rei do cangaço.

Entre as muitas semelhanças nas estórias de Lampi e J. Dillinger, me chamou atenção esse encanto que o ser humano constantemente tem por figuras de bandidos. John Dillinger era considerado um herói porque as pessoas culpavam os bancos pela depressão de 30 e ele só roubava bancos. Lampião, dizem alguns, era a resistência aos coronéis da época.

Pessoalmente acho que o mal é mal e o bem é bem e que a maior de todas as maldades é quando alguém pode fazer o bem e não o faz… Mas o que você pensa sobre isso? Qual o seu pensamento?

É impossível discorrer num espaço em que propositadamente me esforço para manter curto. Quem dera algumas toalhas jogadas à grama numa bela manhã de sol com um monte de gente legal para conversar sobre esses assuntos nossos de cada dia… eu levo as balinhas!

Nota: Oxímoro ou oximoro é uma figura de linguagem que harmoniza dois conceitos opostos numa só expressão, formando assim um terceiro conceito que dependerá da interpretação do leitor.

12 comentários sobre “Oxímoro

  1. Pois eu gostei…
    Gostei do Johnny Depp , com bigode sem bigode, com cicatriz, sem cicatriz, com óculos sem óculos.
    Com aquela forma toda quem precisa de conteúdo?
    PS: Puts este negócio em ingles agora eu não sei onde é o tal do enviar.. saco…

    1. Araci,

      Tu gosta até do Nelson Xavier no papel de Lampião e até do traficante Baiano no Tropa de Elite.

      Agradeço a crítica subliminar acerca do novo layout. Mas, acredito que se uma destrambelhada feito você conseguiu, o pessoal também consegue! rssssss

      Beijinhos, meu bem!

    2. Araciiiiiiiiiiiiii, endosso teu comentário. Tanto em relaçao ao Johnny Depp, como em relaçao ao inglês que nos confunde!!!

      Bjs

  2. “‘ Se um dentre vós pretende punir em nome da retidão e derrubar a árvore do mal, que observe as raízes da árvore: e, na verdade, verá as raízes do bem e do mal, do frutífero e do estéril, entrelaçadas no coração silencioso da terra.
    E vós , juízes que desejais ser justos, que julgamento pronunciareis contra aquele que, embora honesto na carne , é ladrão no espírito?
    … e vós que desejais compreender a justiça, como a compreendereis sem examinar todas as ações na plenitude da luz?..”
    Khalil Gibran

    Eu levo a toalha para sentar na grama do parque……

    1. Quais são as inquietações deste mundo sobre as quais Khalil Gibran não tem nada a dizer? Talvez apenas as futilidades de Glorinha Khalil Gibran.

      Sabe o que eu mais adoro no Gibran? Ele escreve de uma forma a não ser compreendido numa única leitura. Gosto dos ‘insights’ que tenho a cada releitura.

      Valeu demais pelo texto!

      Um beijão!

  3. O mundo divide-se em pessoas boas e pessoas más. As pessoas boas têm um sono tranquilo. As pessoas más aproveitam bem mais as horas em que estão acordadas.” [ Woody Allen ]

    Concordo ..Mas qdo acordo sempre dou um *Alo* ao meu Anjo de Guarda e carrego agua-benta na bolsa.(rs)

    Levo a cesta para o piquenique.. Daniel,O Dantas gentilmente se ofereceu para carrega-la(cá entre nós ,tenho a sensação que ele é espirito encarnado do Robin Hood ..só que faz a distribuição em outro escalão ..penso tb que ele e Rene Descarte são os autores do Organograma).
    Beijo

    Ps. Filme ..A Vila

  4. Não sei, não… acho que bem e mal são conceitos vagos às vezes. Matar inocentes em nome de posturas egoístas é o maior mal… às vezes o que é considerado mal por muitos é bem para outros muitos. Roubar um banco é maldade com os capitalistas responsáveis pela instituição…:P E bom para quem roubou. Além da sensação de justiça que os correntistas e devedores têm…

    Além do mais, as figuras de bandidos podem ser fascinantes mesmo porque representam para nós o indomável, a humanidade liberada das opressões sociais, do Estado, da religião… into the wild. Outro excelente filme sobre isso é “O assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford”. Melhor exemplo não há… o herói é um dos homens mais temidos do século XIX nos EUA, e o suposto “justiceiro” Ford se transforma num crápula patético aos nossos olhos. Também tem o “Ned Kelly”, com o maravilhoso Heath Ledger. Bandidos fascinantes.

    1. Rabu,

      Você traz uma nega maluca para o piquenique.

      Fiquei felizão com o seu comentário, minha querida! Em temas conflitantes assim como esse, a sua opinião é bastante considerada. Te acho super inteligente e mesmo quando não concordamos considero seus pontos de vista com bastante cuidado.

      Um beijo com carinho.

      Ivan

  5. Oi Ivan, passados desentendimentos anteriores… estou de volta. Obrigada pela consideração. Também gosto muito do seu blog.

    Um abraço,
    Cecilia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s