Anjos

cortina de luz aEu estava em pé no ônibus com meu radar ligado. Um lugar atrás de mim vagou e eu ofereci para um senhorzinho idoso que estava à minha frente. Ele era mulato, tinha a boca murcha provavelmente pela falta de dentes, um bigodinho fininho e ralo, era magrinho e isso podia ser notado no excesso de pano que sobrava na sua calça jeans. Estava frio e, portanto vestia uma camiseta branca, uma camisa de microfibra cor terracota, um colete cinza de lã e uma jaqueta verde musgo. Ele não parecia muito preocupado em combinar cores. Seu cuidado era com o frio. Sobre a cabeça um boné de lã estilo Chaves.  Notei que se encolheu naquele assento, pôs as mãos cruzadas uma sobre a outra e de igual modo cruzou os pés calçados com sapatos pretos estilo militar. Senti ternura e compaixão por aquele velhinho.

Logo depois chegaram três Emos [vou chamá-los de Emo 1, Emo 2 e Emo 3]. Duas meninas, dois meninos. Não me peça para definir um Emo, mas se quiser eu lhe aponto um. A sacada é o cabelo. Se tiver um cabelo daquele tipo que eu chamava de caminho de rato quando eu era adolescente, então é Emo. Nada contra, nada a favor.

Continuei minha observação.

O assento ao lado do velhinho vagou e o menino Emo 3 sentou-se. Comecei a analisar os três. A menina Emo 1 que ficou mais próxima de mim usava tênis All Star branco com teclas de piano desenhadas com caneta preta no bico, calça jeans com a barra arrastando no chão e toda rasgada, uma camiseta branca com frases que não consegui entender. Num instante ela pegou seu celular, que me parecia bem transadinho [não entendo muito essas tribos, então não sei se Emos são desapegados do material como supostamente os punks são] e ligou para um amigo convidando-o a jogar algum jogo com ela e os outros dois. O amigo disse que não podia. Ela logo informou a Emo 2 e a Emo 3 que Emo 4 não poderia ir porque a mãe dele não deixou, sem deixar de emendar que a mãe dele é “um saco”. Emo 3 foi mais lacônico e disse: “é .. a mãe dele é muito filha da puta!” Na mesma hora notei que os olhos do velhinho pipocaram pra fora. Acho que ele não ouvia aquele palavrão tão de pertinho desde 1950 quando o Barbosa levou o gol do Uruguai na final da copa do mundo no Maracanã. A franja do cabelo de Emo 3 parecia ter sido feita por um cabeleireiro cego destro usando a mão esquerda. Ele também usava um All Star preto de couro e um jeans preto daqueles apertadinhos que deixam as pernas parecidas com duas bracatingas. A camiseta também preta tinha umas pinturas em branco feitas à mão. Provavelmente ele quem fez. Seus óculos eram Ray-Ban num estilo retrô o mesmo que a Emo 2 usava. Tinham cores e tamanhos diferentes. Ambos grandes demais. Emo 2 usava uma calça preta justa que não combinava com seu corpinho roliço. Parecia desconfortável.  Ela tinha cabelos muito pretos cobertos por um gorro estilo peruano que marcava uma franja espessa deixando-a com um ar idiota, palerma. Ela tinha dentes grandes, era a mais articulada, tinha voz grossa e gestos abruptos, usava um tênis Nike de cano alto multicolorido, um casaco cinza com estampas de caveirinhas amarelas e tinha um alargador na orelha. Emo 2 e Emo 3 tinham piercings no supercílio.

Fico imaginando se eles perceberam quando eu peguei meu celular, liguei o modo gravador e ditei todas essas informações que acabei de transcrever.

Acho que eles e o velhinho eram anjos, espiões do Senhor Deus, para fazer levantamento do estado mental daqueles que vivem debaixo do sol.

Como eu sou estranho.

funnyshoe03

9 comentários sobre “Anjos

    1. Grande goiabinha!!!

      Às vezes coisas que nos frustram e nos entristecem abrem espaço para gestos de carinho e acolhimento que simplesmente tocam a nossa alma de um jeito bem especial! Muito obrigado pelo recado, amigo. Vou lamentar a ausência da fonte de besteirol e essa tua verve espirituosa! 🙂

      Mantenha contato!

      Um grande abraço!

      Ivan

  1. As diferenças são estimulantes, o que complica são as verdades e necessidades secretas (rs).

    Que todos os Anjos digam Amém aos Estranhos (as) afinal ,eles ainda conseguem se comunicar com todas as galáxias.

    Beijos!!!!

    1. Me amarro em gente estranha e em minorias! As tribos representam a humanidade e acho que os emos estão bem afinados com a realidade.

      Eu acho que tu é emo, ju!

      🙂

  2. Adorei a parte que diz que os emos e o velhinho eram anjos. Ficou bonito e com muita percepção.

    Aliás, falando em emos… já viu a definiçãod e Emo da Desciclopédia?

    http://desciclo.pedia.ws/wiki/Emo

    É de rachar o bico… saca na animação “Tutorial de como ver se tem caspa e parecer cool ao mesmo tempo”…
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s