Mundo Corporativo – Bruto, rústico e sistemático

givenchy-leather-cowboy-bootsSabe quando uma coisa te irrita? Aquela torneira pingando ou um galho tocando a janela e fazendo aquele barulhinho irritante? Não é exatamente o som que te apoquenta, mas sim a repetição…

Fica impregnado. Mesmo quando não está ouvindo, você fica esperando o barulhinho. Eu, por exemplo, ouço o som do meu despertador por mais ou menos duas horas após tê-lo desligado.

Depois da confusão causada pelo Riva, houve uma embaralhada aqui nos cubículos. Eu tenho uma nova vizinha. Nalva Aguiar. Você pode estar pensando: “Nossa, parece nome de cantora sertaneja.” Pois é, você não está totalmente errado.

Nalva é baixinha, mas bem bonitinha. Ela tem seios grandes e cabelos loiros bem cuidados e compridos. Suas unhas estão sempre muito bem feitas na cor vermelho Volúpia da Risqué [eu espiei o vidro que ela deixou sobre a mesa quando foi ao banheiro].

Ela é viciada em música sertaneja.

Nalva conhece todos os sucessos sertanejos e gosta de cantá-los. Ela não canta alto e isso poderia até ser contado a seu favor… Nalva Aguiar canta sussurrando. Todo dia, o dia todo. E desafinado.

Eu já vasculhei todo o MPRH [Manual de Política de Recursos Humanos] da empresa. Já li e reli o PAE [Programa de Assistência ao Empregado]. Agora só me falta estudar a Convenção de Genebra, porque se isso não for contra a política da empresa, com certeza é um crime contra a humanidade.

A coisa é tão perturbadora que chegou ao ponto de ela terminar de cantar uma música e eu ficar esperando… Imaginando se já acabou mesmo ou não… esperando, esperando, para então…

Fada, Fada querida…

Hoje eu não aguentei, me levantei e pedi, pelo amor de Deus, se ela poderia parar de cantar.

Ela disse: “Ahn! Quem? Eu? Cantando? Claro que não! Eu estava cantando?”

Eu disse: “Sim, estava.”

Ela disse: “Ai. Desculpe! Você deve achar que eu sou louca.”

Eu disse algo do tipo, “Ah, não esquente. Aqui todo mundo é um pouco.”

Ela soltou uma gargalhada, me deu um tapinha no ombro e disse que ia tentar parar de cantar.

Eu disse: “Obrigado” e voltei para meu espaço.

Trinta segundos depois.

Ah! tou indo agora prá um lugar todinho meu

Tem razão Nalva. É bem isso que eu vou fazer… Vou pra casa!

cowboy-boots

9 comentários sobre “Mundo Corporativo – Bruto, rústico e sistemático

  1. Cara…hilario !

    faz o seguinte, põe umas tachinhas na cadeira dela…
    ela não vai parar de cantar, mas pelo menos vai cantar longe !

    kkkk

    1. Claudio,

      Eu vou até pensar em seguir o seu conselho só para tirar a prova dos nove. Mas, algo aqui no fundo da minha alma, diz que Nalva Aguiar não sente fome, tristeza, raiva, vontade de fazer sexo e até mesmo dor enquanto sussurra seus versinhos.

      Outro dia ela abriu o holerite, percebeu que estava faltando o pagamento das horas extras. Sabe o que ela fez? Cantou…

      Perguntaram pra mim, se ainda gosto dela

        1. hummmmmm…. já até imaginei a trilha sonora:

          … entre tapas e beijos, é ódio é desejo…

          Mas, pense bem… a violência não é um bom caminho, Nalva Aguiar é uma frágil mulher e é um pitelzinho… experimente conquistá-la. Quem sabe assim você compartilha seu gosto musical com ela, ou, porque não dizer, passa a ir às baladinhas country da cidade com a sua amada?

          Obrigado pela visita!

          Abraços!

          Ivan

  2. Hoje vou pegar carona na letra Zélia Duncan que diz :

    Entro em transe se canto, desgraça vira encanto
    Meu coração bate tanto, sinto tremores no corpo
    Eu me transformo em outras

    Afinal, o passarinho canta porque é feliz ou é feliz porque canta ?
    E Nalva ? ( rs)
    Beijos

    1. Juju, quem diria… você é uma daquelas que faz o povo levantar da sala com as cantorias… pelo menos é Zelia Duncan… rssss

      Beijos

  3. Ainda não te contei o episódio com o Guilherme e Santiago em Minas, né? Assim que você voltar pra saliência do msn eu te conto. ^^

    Eu, em um instante, entendo a Nalva.

    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s