Mundo Corporativo – Googlando Parte II

google corporativo cinira

Eu confesso. Curiosidade é o meu fraco. Eu não consigo me conter. Eu tenho que verificar se mais colegas aqui do trabalho têm alguma relevância ou “presença” na web. Depois de googlar o Rivanildo agora é a vez da Cinira. A primeira tarefa foi conseguir o sobrenome dela, já que no seu crachá, no espaço do sobrenome, tem colado um adesivo Odeio Silvio Santos. Nunca me importei tanto com o adesivo porque imaginava que era mais uma pessoa que sofria com a programação de domingo na TV. Pensei em pedir a informação para o RH, mas Cinira é bem relacionada lá. Decidi pela opção mais divertida que seria um trote para o ramal dela.

– Sra. Cinira por gentileza!

– Sou eu. Quem gostaria? [voz áspera e de poucos amigos]

– Meu nome é Antunes e represento o seu plano de saúde. Infelizmente cometemos um erro em sua fatura nos últimos cinco anos e temos uma quantia de seis mil reais para restituir à senhora.

– Jura? Ai que bom! E pra você é senhorita! [voz esfuziante]

– Rum Rum [limpando a garganta] Claro. Por favor, preciso apenas que a senhora confirme alguns dados pessoais.

– Claro que sim meu amor! [eu jurava que Cinira jamais pronunciara a palavra amor na vida dela]

– Sra. Cinira, o seu nome completo por gentileza…

– C i n i r a   A r r u d a [voz baixinha como se não quisesse ser ouvida]

Ligação interrompida, corri para o Google e digitei Cinira Arruda. Neste momento, nós, os mais antigos, já sabemos de quem o pai dela era fã e também o porquê do adesivo no crachá, não é mesmo? Pois é, Cinira Arruda a famosa jurada do show de calouros do Silvio Santos.

Depois de muitos resultados encontrei a “minha” Cinira. Lá estava. Mulher formada em Economia na UNISERTAO com mestrado na Universidade Indígena de Cochabamba, Bolívia. Mas, o site dizia mais: Cinira é fundadora e CEO de uma associação chamada TNM (Trote Nunca Mais). A associação só tem três membros. Ela, e mais duas mulheres com nomes um tanto diferentes e semblantes assustadores: Cinira Arruda, Mari Onete e Eva Gina. Isso explica os trotes. O site discorre em forma de testemunhos sobre todas as agruras e aflições causadas por telefonemas humilhantes, alguns dados em plena madrugada.

Eva menciona que seus colegas da faculdade ligavam sempre dizendo: O que é que na praia às vezes está peluda, às vezes está raspada? Eva Gina!!! Lamentável. O site contém outros inúmeros relatos de assédio moral e também diversos casos em que pessoas foram processadas e obrigadas a ressarcir pelo dano causado. Glup…

Enquanto eu explorava o http://www.tnm.org, Cinira passou pelo corredor com Zé Pelintra, o rapaz do setor de telecomunicações. Eu a ouvi bufando e insistindo que quer ter acesso à lista dos números que ligaram no ramal dela nem que seja preciso um pedido de “habeas data” ou mandado de segurança. Ela berrava: é direito líquido e certo!!!! Estou pensando se a idéia do trote foi tão boa assim. Talvez seja interessante ligar para um advogado.

8 comentários sobre “Mundo Corporativo – Googlando Parte II

    1. “Nao sou muito dada a comentários….mas” como você se vai se ferrar eu vou aproveitar para tacar pedra, é isso é? rsssss

      E quem disse que sou eu o personagem? rssss

      Beijos para você e a família!

      😛

    1. Oi!

      Que bom que está tudo bem com você! Parabéns pelos estudos e pelo sucesso alcançado! Fiquei muito feliz em saber que gosta de ler o meu blog! Eu me animo quando me dizem coisas que soam tão sinceras, principalmente quando se trata de elogios! 😉

      Bjo.

      Ivan

    1. Sabe Luna, na verdade esse rapaz, o Zepê (como é chamado por aqui) é seguidor dos preceitos de Maomé. O nome completo dele é Zé Pelintra Emiriciano Promessa de Deus. Os pais fizeram a promessa ao tal guia protetor dos que fazem caridade, que, se tivessem um “filho menino homem”, dariam o nome em homenagem a ele.

      Depois de inúmeras tentativas na justiça, Zepê não conseguiu mudar o nome. Converteu-se ao islamismo e responde a alguns processos por “tentativa de atentado [a redundância consta dos autos] com artefato pirotécnico” [bomba] a centro espíritas em Exu, Pernambuco, onde nasceu.

      Ui!

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s