tocar bus barao

Society faz parte da trilha sonora do filme Na Natureza Selvagem baseado em uma história real. Quando você quer mais do que possui, você pensa que precisa.   E quando você pensa mais do que você quer, seus pensamentos começam a sangrar.

Finalmente compreendi essa canção…

Hope you’re not lonely without me


11 comentários sobre “

  1. Oi Ivan,
    vim retribuir a visita e conhecer seu blog, adorei!
    Gostei muito dos filmes e livros que vc indicou, tem até um da coleção vaga-lume 😀 Por coincidência comecei a reler uns que tenho aqui, muito legal, principalmente os do Marcos Rey.
    Quero ver esse filme “Na natureza selvagem”, tenho gravado aqui.
    bjosss

    1. Oi Pri!!

      Fico muito grato pela visita e pelas palavras!
      A propósito, seu comentário foi bem providencial porque eu tenho prometido a mim mesmo dar uma aumentada no “acervo” de livros e dar uma atualizada nas indicações dos filmes. Vou me esforçar para fazer isso ainda no fim de semana.

      Beijocas!

      Ivan

  2. .Que luta é manter a identidade, diante dos medos padronizados e cobranças coletivas.
    A solução é caminhar cantando, acompanhado ou só , nossos sentimentos mais secretos .

    Lindo Filme, Linda Musica

    1. Ju!! Você já viu esse filme, é? Eu gosto muito dele… às vezes tenho vontade de dar uma de Chris McCandless e ir para A Natureza Selvagem… sei lá, o Jalapão, a Chapada do Araripe no Pernambuco, a Serra do Sol em Roraima, Jericoacoara… me alimentar de pequi, siriguela, umbu, cajarana e pitomba, citar Tolstoy e Thoreau e quem sabe até Sarney?

      Beijos, minha amigona!

      Ivan.

  3. Analfabeta por parte de pai, mãe e parteira do idioma inglês, não entendi bolufas alguma da letra. Mas meus ouvidos adoraram e aprovaram!
    Acho que sentir, às vezes é tão importante quanto entender…
    Ih! Agora viajei na “magonese”…rsss
    Beijos!

  4. Muito boa… esse filme é lindo. Mais linda é a história de Henry David Thoreau (citado no filme, como não poderia deixar de ser), que foi e voltou… mas ele já era livre antes de ir para o meio da natureza. E sua humanidade civilizada não se perdeu em meio ao mistério…tornou-se ainda mais nobre e doce, e sua inteligência ainda mais clara.

    1. Cecília,

      Eu acho que filmes como esse deveriam ser exibidos em escolas públicas [com a devida orientação, é claro… senão ia ter neguinho se embrenhando na floresta da tijuca e morando numa kombi véia e abandonada].

      Como sou tolinho, né? O Sistema educacional não está nem aí para considerações como a do Supertramp Chris Mccandless… que bom que vimos, não é mesmo?

      Beijoca,

      Ivan.

    1. Michael McDonald é um grande artista, desde os tempos dos Doobie Brothers.

      Experimente baixar músicas dele. Não tem do que se arrepender.

      Beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s