Curta As Criações

elephant

Duas Curtas:

Pobre é uma desgraça:

Cena: Final de mês. Dia de pagamento. Assalariado com calor, passa em frente de uma sorveteria chiquérrima na Oscar Freire, um dos metros quadrados mais caros de São Paulo e entra. Pede um sorvete com duas bolas. Uma de pistache trufado e outra de creme com vinho tinto Beaujolais.

Enquanto saboreia sua iguaria uma menininha de 5 anos puxa conversa:

MENININHA DE 5 ANOS:  Tio, eu já perdi dois dentinhos.

ASSALARIADO FERRADO:  Que legal. Minha filhinha também.

MENININHA DE 5 ANOS:  (apontando para a boca) Eu perdi esse em Aspen e esse outro em Maui.

ASSALARIADO FERRADO:  Que legal. Minha filha perdeu um no Capão Redondo e o outro em Carapicuíba

MENININHA DE 5 ANOS:  Tio, o que é Talapipuiba?

ASSALARIADO FERRADO:  É onde pessoa pobre vai pra perder os dentes.

MENININHA DE 5 ANOS:  (olho arregalado) Tio, o que é pessoa pobre?

ASSALARIADO FERRADO:  Eu.

(Para aqueles curiosos, as duas bolinhas de sorvete num fim de tarde de verão custaram uma bagatela de R$19,75. O pobre voltou a tomar sacolé de ki-suco a partir daquele dia.)

Blind Date:

Cena: Você tem um blind date. Um encontro às escuras. Nunca viu o parceiro antes [entendeu agora??]. Vai de carro buscar a moça em casa. Aqui uma lista de coisas que o rapaz ou a moça NÃO gostariam de ouvir logo de cara:

Rapaz olha para a moça e diz: Você não me disse que tinha um bigode…

Rapaz olha para a moça e diz: Oremos. Senhor eu lhe agradeço pela refeição que estou prestes a comer.

Rapaz olha para a moça e diz: Unto Asser ! Su é mmuuuuuuuto ata.*

[*Nota do Tradutor de Fanho: Muito prazer! Tu é muuuuiito gata!]

Moça olha para o rapaz e diz: Humm… Acho que o vestidinho que eu trouxe vai servir bem em você.

Moça bate no vidro do carro antes de entrar e diz: Você pode abrir o porta malas? É que eu trouxe minha motoserra!

Moça gritando do lado de fora: Abre! Abre! Rapaz responde: Aonde? Aonde? Moça: Aqui na porta! Abre! Rapaz abre a porta, ouve um barulho e grita: Ai meu Deus! Matei uma anã!

_________________

fé

23 comentários sobre “Curta As Criações

  1. Caaaaara…
    Eu nunca tive um blind date na vida… hauhau
    Morro de medo dessas coisas. De verdade.
    Já pensou? Menos medo do ele pode dizer (e acredite, são muitas coisas) do que eu posso achar…
    Dá nervoso só de pensar… rs

    Saí recomendando o último texto do “Mundo Corporativo” lá no trabalho. Depois te conto a repercussão.
    Ah, eu mandei o link pras pessoas, bonitinho, pra deixar a questão da autoria bem clarinha. 😉

    Beijo.

    1. Oi Maíra,

      O blind date de fato é um evento um tanto exótico. Não fosse a questão da insegurança, que é muito mais evidente no caso das mulheres, eu acho até que deveria ser uma coisa bem divertida… rsss… eu também nunca me meti numa dessas. 🙂

      Quanto ao texto, fico muito feliz e agradecido por você o recomendar. Espero que o pessoal goste. rs

      Beijoca.

      Ivan.

  2. hauauahuahauhauhauh
    pratiquei muito o blind date…cada história…..
    outra hora ti conto….

    Tá….duas bolas de sorvete a R$ 19,75? E o que você me diz de um saco de pipocas com azeite trufado por R$ 35,90??? tá phoda a vida na capital…rs

    Bjs e bom findi!

    1. Pai do céu!

      Já existe isso? Pipoca e azeite trufado? Eu nem sabia que existia azeite trufado.. haha

      Ah, mas olha só… Pipoca com pimenta Tabasco é o ó do borogodó! 😛

      Beijos

      Bom findi tbm!

      Ivan.

    1. Que legal! Esse teu “tá” me deixou a impressão de que fiz uma boa ação, ganhei uma estrelinha e vou pro céu. E não é essa a idéia da vida de um cristão? ha!

      Bjo e bom findi.

      Ivan.

    1. Oi Janaina! Que bom que se divertiu. Minhas histórias não têm o requinte das tuas, mas são minhas e como bom pai o negócio é criar as cobras em leite condensado [aprendi isso recentemente, e já estou usando… rsss]. O livro da Fal que estou lendo é o “minúsculos assassinatos e alguns copos de leite”. O outro ainda não comecei. Mas, seria legal trocar impressões.

      Outro abraço!

      Ivan.

  3. kkkkk Ótima essa história. Será que esse sorvete ‘baratinho’ foi na Gelateria Parmalat? É mais ou menos por aí o precinho lá! kkkkk

    Mas que deu uma saudade de sorvete de pistache, isso deu!

    Beijos! 😉

    1. Que nada, Miss!

      Parmalat é baratinho se comparado. Aqui na minha cidade eu curto é a Freddo. E o pistache trufado é pra comer chorando… putz, acho que vou no shopping… rs

      Beijo.

      Ivan.

  4. Faaaaça inveja, faaaaça! Só porque aqui não tem essa marca, nem muito menos esse tal sorvete de pistache trufado (aliás, nem de pistache puro e simples encontrei aqui). =~

    Beijo beijo!

        1. Cara… serve e muito!!!! É só o cocô do louro! [eles diziam isso no Ceará. nunca entendi, mas memorizei… haha]

          Bom pra caramba!

          Ivan.

  5. Nossa, dei muita risada aqui!
    Como sempre né!

    Menino! Não me deu nenhum piriri não!! kkkkkk
    Hoje quando li teu comentário não conseguia parar de rir! Vc não existe!!!! Adooooro!!

    Beijos e ótimo fim de semana!! :)-

    1. A vida não é fácil, meu bem. A gente precisa ajudar uns aos outros. Eu tento fazer a minha parte causando algumas risadas. Me faz bem.

      Beijinho e ótimo findi!

      Ivan.

  6. “Onde pobre vai para perder os dentes”. Sensacional!

    Lembro de uma vez em que entrei na Bavária, uma confeitaria “phina”, na Benjamin, e pedi um quindim. No caixa, R$ 7,50 se foram, por ele.

    Amo quindim, mas R$ 7,50 por um único, é dose. ¬¬

    O cara fanho falando foi tããããoooo bonitinho, tão meigo! Gostei dele.

    Beijo, Ivan. Vou ler mais, tô desatualizada do teu blog.

    ℓυηα

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s