Hida-hey

NO BLUESMOBILE

Duas, porque é feriado e você é uma criança! Quer dizer: se você for criança, vai ouvir essas músicas e dançar uma dança louca, sem vergonha, até suor escorrer do teu rosto, descer por suas costas e pingar no chão… vai pensar em pelo menos uma pessoa e desejar dividir a dança e o teu maior sorriso com ela…

bb1The Blues Brothers é uma banda de rhythm and blues  fundada em 1978 pelos comediantes Dan Aykroyd e John Belushi como parte de um quadro musical no programa Saturday Night Live. Belushi e Aykroyd, respectivamente, Jake e Elwood Blues, eram os vocalistas da banda, que era completa por músicos bb2conhecidos e respeitados. Eles chegaram a filmar um longa metragem baseado na própria banda e seus integrantes, intitulado ”The Blues Brothers” (Os Irmãos Cara de Pau – 1980). Mesmo com a morte de John Belushi por overdose, em 1982, a banda continuou se apresentando, contando com artistas convidados.

Novo Post sobre O Mundo Corporativo acima!

16 comentários sobre “Hida-hey

  1. Na Argentina, esta é a maquina caça niqueis que eu mais adoro. Tem as fotinhas e tuda. E eles dançam quando vc faz ponto… tão bonitinhoooooo. Não conta pra ninguém.
    bejos

    1. Ahhh, é mesmo? Eu morro de vontade de puxar a alavanca dessas máquinas!
      Eu curto os Irmãos Cara de Pau. A propósito, cara de pau também é você que pede pra não contar aquilo que você mesma conta… rssss

      Mas, me conta, ganha grana nessas maquininhas? [todo interessado no cassino].. rs

      Bjo.

      Ivan.

  2. Se você prometer que não conta pra mais ninguém eu digo que adoro brincar nas maquininhas e já ganhei alguma coisa nesses cassinos de Buenos Aires.
    O segredo para uma pessoa compulsiva como eu é: levar somente e tão somente os dolares que vc se dispõe a perder. E deixar o cartão de crédito no Hotel.
    Mas ganhar, ahhhhhh é uma delicia. E a musiquinha que os Blues Brother tocam pra vc quando você ganha é muito legal!
    (interna, interna, interna…)

    1. Querida Suzi,

      Segue, via Sedex, a lista de hospitais para a sua escolha. O internamento se faz necessário.

      🙂
      Beijinho.

      Ivan.

  3. Adorooooooooooooooo! Mil vezes adoro o Blues! Salve salve Blues maravilhoso!!! ivan lindo, desculpa a pergunta indecente no meu ultimo comentario, nao tenho escrúpulos sabe?!?! Beijo.

    1. Inescrupulosa Ludmilla,

      E viva o blues dos irmãos cara de pau! Juro que se me chamassem hoje para uma festa à fantasia eu me vestiria de Jake e arrasaria.. rsss

      Fique tranquila, meu bem… se um comentário aqui for publicado é porque tem escrúpulos ou porque é inescrupuloso, mas adorável. Fique a vontade, a casa aqui é limpinha.

      Bem, no caso de alguma dúvida, saiba que seu comentário não teve nada, absolutamente nada, de mais.

      Beijos.

      Ivan.

  4. ‘Then we’d go running on faith
    All of our dreams would come true
    And our world will be right”
    Eric Clapton.

    Um pouco de blues faz sempre bem para os nossos ouvidos sensíveis.

    selo pra você no blog.

    1. Oi L., querida.

      Blues faz bem aos ouvidos e a alma, porque no fundo, todo mundo adooooooora um sofrimento… rs

      O que ‘ser’ selo, xuxu? Irei olhar.

      Beijo.

      Ivan.

      1. Cara, vou ser obrigado a discordar de voce.
        Blues não é só sofrimento !
        O Blues é o pai do rocknroll e sendo pai de um estilo tão alegre, não pode ser só sofrimento !
        O blues nasceu, não do sofrimento, mas do desejo de não sofrer dos negros americanos, do desejo de se expressarem…
        Blues é a mais colorida forma de musica negra americana, e irmã do jazz, fez e faz a cabeça de grandes seres pensantes no mundo.
        “Quem toca Blues, toca tudo
        Mas quem toca tudo, não toca Blues!”

        1. What am I gonna say, bro?

          Tá certo, não é só sofrimento… rs

          Que bom que você gostou da música, meu amigo Claudio.

          Um abração!

          Ivan.

  5. outra coisa…

    esse filme foi o responsavel por uma verdadeira avalanche de blueseiros aqui em terras brasilis.
    Só precisamos tirar essa pecha de “elitista e sofredor” que assola o blues !

    Viva o blues ! Que todos ouçam blues !

    1. Grande Cláudio!

      Falou bonito! Olha só, eu não quis passar pecha nenhuma, porque a gente só passa o que a gente tem, e no momento o que eu tenho eu só tou passando pra uma pessoa [Selá]. Não acho o blues triste, mesmo que o negão cantando atrás da guitarra esteja dizendo que o “homem branco tem chicote, homem branco usa o gatilho…” e o escambau a quatro. Eu apenas SEI que o conceito de “blues” só se tornou conhecido após o término da Guerra Civil [mas já existia antes] quando sua essência passou a ser como um meio de descrever o estado de espírito da população afro-americana. Era um modo mais pessoal e melancólico de expressar seus sofrimentos, angústias e tristezas. A cena, que acabou por tornar-se típica nas plantações do delta do Mississippi, era a legião de negros, trabalhando de forma desgastante, sobre o embalo dos cantos, os “blues”. Até mesmo em inglês dizer que vc “feel blue” é sentir-se triste. Contuuuuuuuudo, quando assisto a um show de blues [raramente] ou ouço uma música [regularmente] eu nao vejo ninguém triste aqui ou acolá.

      Viva o blues! Que todos o ouçam com um sorriso na cara e estalando os dedos.. rssss

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s