Mundo Corporativo – Um Sonho de Emprego

Enquanto eu estava na sede da empresa em Barcelona para um treinamento, descobri que Serena, a supervisora da outra filial, foi promovida e agora será minha gerente. Essa notícia me perturbou tanto que desde então eu tenho tido sonhos esquisitos com ela… Na noite passada tive o seguinte sonho:

Eu estou sentado diante da Serena enquanto ela analisa o meu currículo. Acontece que no sonho o currículo em questão não é o profissional, mas sim o meu currículo sentimental. Aparentemente eu a pedi em namoro e ela está prestes a me dar uma resposta. Ela coloca o currículo na mesa, estala os dedos das mãos e…

Serena –  Pois bem, meu querido, dei uma olhada no seu currículo de namoro e tenho algumas perguntas.

Eu – Claro.

Serena – Aqui diz que sua última relação durou três anos, mas não explica o motivo de você ter terminado.

Eu – Eu senti que as coisas se tornaram um tanto estáticas e que eu precisava de novos desafios… Eu não sou o tipo de homem que gosta de ficar acomodado, acredito que devemos buscar constantemente maiores realizações.

Serena –  Hummm… Interessante…

Eu – Não que eu seja volúvel. Apenas não era o relacionamento certo para mim.

Serena – E levou três anos para você perceber isto?

Eu – Resiliência. Eu tentei fazer as coisas darem certas… Eu não fujo dos problemas.

Serena – Entendo. E quais experiências você adquiriu?

Eu – Para ser sincero, uma quantidade considerável. Com certeza eu fortaleci minhas habilidades interpessoais e desenvolvi bastante paciência no que se refere a namorar uma pessoa que gosta de ouvir fados e ir à ópera. Também melhorei consideravelmente minhas habilidades sexuais e aprendi a cozinhar.

Serena – Ótimo, porque estou procurando por um bom cozinheiro.

Eu – Meu Mexidinho de Ovos é de dar água na boca.

Serena – hummm… e você fala isso de um jeito que soa bem vulgar… De todo jeito, eu ainda estou avaliando outros candidatos.

Eu – Claro. Acredito que eu seja o homem ideal.

Serena – Ora, ora, gostei disso… Bem, antes desse seu último relacionamento você teve uma série de breves encontros.

Eu – Sim… Eu sei que isso pode parecer um tanto irresponsável, mas eu senti que deveria explorar diferentes oportunidades a fim de descobrir aquela que me era a mais adequada.

Serena – E você acredita que sabe o que está procurando agora?

Eu – Sim. Estou pronto para uma relação de compromisso.

Serena – Isso é ótimo, mas você sabe que essa oferta é de uma vaga temporária, certo? Claro que se tudo correr bem, existe a opção de casamento.

Eu – Estou ciente disso, mas também sinto que estou pronto para casamento e filhos.

Serena – Estou um pouco preocupada com essa relação homossexual em 1985 que você menciona aqui.

Eu – Sabe, eu sou uma pessoa que gosta de correr riscos, e vejo isso como sendo um dos meus pontos mais fortes. Eu decidi experimentar uma outra opção, mas descobri rapidamente que não era para mim.

Serena – Você não namorou muito durante o segundo grau.

Eu – Eu era tímido, mas já superei.

Serena – Querido, vamos deixar o currículo um pouco de lado. Ele não me diz muito.

Eu – Certo.

Serena – Essa vaga que estou tentando preencher é muito importante. Já estive com mais de duzentos homens…

Eu – Bem, é um relacionamento bastante atraente e concorrido. Não me espanta um número tão elevado de candidatos.

Serena – Eu não quis dizer em entrevistas. Já estive com mais de duzentos homens e me cansei disso. Eu quero ter certeza de que o próximo será o homem certo… Como você é na cama?

Eu – ahhnnn, bem, como você pode notar pelas referências que apresentei, eu trago recomendações de peso. Não quero me gabar, mas acredito que a minha sensibilidade ao orgasmo feminino me coloca numa posição de destaque na minha área.

Serena – Por que eu devo lhe dar o meu amor?

Eu – Bem, eu sou fiel… Responsável. Confiável. Amoroso, romântico, cheiroso, totoso… Te acho atraente e dou o maior valor a uma relação.

Serena – E por que não devo lhe dar o meu amor?

Eu – Ah, uma pegadinha, hein? Hehehe… Ahnnn.. bem, desculpe,  meu senso de humor não é dos melhores.

Serena – Eu te acho engraçado… De uma maneira esquisita, mas acho.

Eu – Obrigado. Eu acho. Olha Serena, vou ser honesto… Eu preciso muito desse relacionamento. Já são quase dois anos sem nada e estou bem desesperado. Eu vou trabalhar duro e lhe tratar bem.

Serena – Sim, eu tenho certeza que sim. Mas…

Eu – Eu sou bem dotado!… Ai, desculpe-me, eu não acredito que acabei de dizer isso.

Serena – Está tudo bem. Na verdade, você deveria ter posto essa informação por escrito.

Eu – Eu não gosto de me gabar.

Serena – É pra isso que serve um currículo…

Eu – Ah sim.

Serena – Bem, eu acho que o relacionamento é seu. Quero que você saiba quais são as expectativas a seu respeito: você terá que me adorar… O que não é uma tarefa fácil. Além disso, vou exigir conforto, apoio e compreensão. Você terá que interagir com a minha família e quero que moremos em casas separadas até que eu decida o tempo adequado para vivermos juntos. Sexo acontecerá três vezes por semana, quero que você tire a sua barba e me compre flores regularmente. Alguma pergunta?

Eu – Sobre o sexo… Ahn, hum, é, ahh, eu vou ter que …?

Serena – Surra leve com um toque de humilhação. Nada violento, mas com uma pitada de perigo. Eu não chego ao clímax com facilidade, portanto esteja preparado a grande esforço.

Serena aperta minha mão.

Serena – Meus parabéns.

Outro Post relacionado a este: Mundo Corporativo – Gota Serena

___________________________________

blues brothers

18 comentários sobre “Mundo Corporativo – Um Sonho de Emprego

  1. A parte de estar preparado para os filhos, já o colocaria em larga vantagem. Depois, ser cheiroso e bem dotado são pontos importantes, também.

    Contrato de experiência por 30 dias, podendo ser prorrogado por 60 e 90, tudo bem? Rs

    Beijo,

    ℓυηα

    1. Ahhh, uhhhh… vou responder por eeeeeele…

      Pelo que sei a procura é por um contrato de longo prazo. 60 e/ou 90 constituem bico… rsss

      Beijoca.

      Ivan.

  2. Ivan, I wanted to return the favor and visit your site but something is wrong. It’s like the font you are using is all messed up and the words are coming out in gibberish. Can you fix this?

    1. Tannerleah,

      That’s very kind of you [not in a gay way, you know].

      So glad you mentioned the messed up fonts and the gibberish thing. I had the SAME problem as yours when I visited your place. I had to ask Bschooled to help me cause she masters both Portuguese and English [besides stripteasing in a webcam]. Why don’t you consult her as well?

      All the best,

      Ivan.

  3. “Serena – Surra leve com um toque de humilhação. Nada violento, mas com uma pitada de perigo. Eu não chego ao clímax com facilidade, portanto esteja preparado a grande esforço.”

    huahauhuahuahuahauhauhuahauhauahuahauhauhauahauhauahuahauahauhauahauhauahauahuahuahauhauahuahauhauahuahauhauahuahauh

    Puta que pariu…..
    Desculpe, mas é impossível parar de rir….
    fico imaginando a cena….
    Mimata…huhauhau

    Bjs querido!

  4. Serena, me fez lembrar em alguns momentos o Capitão Nascimento.
    Ai que saudades me dá , a Era da virilidade salvadora, da fragilidade erótica, do sexo sem atletismo, do homem que não era acessório de luxo (rs)

    Que lindo o passear do lúdico pelas insanidades, que de tão repetidas, estão se tornando verdades .
    Juju, Tb é filosofia…. rs

    1. … é, Juju… você está se superando. Você sabe que você é a voz feminina deste blog. As leitoras sempre se identificando com você. Aqui, certamente, ninguém pede pra você sair… rs

      Beijoca.

      Ivan.

  5. Oi Ivan, tudo bem?
    Menino sonho doido o seu, tá pior que os meus
    kkkkkkkkkkkkkk
    Todas as frases de impacto que costumo usar são de autória própria, ñ sou muito de copiar frases alheias.

    Abraços
    🙂

    1. Oi menino Dil!

      Que bom que além de impacto você traz originalidade. O ideal é mesmo aliar as duas coisas. Eu, com toda humildade, e carente de criatividade, ainda acho que a melhor frase de impacto é bem comum hoje, mas com uma eficácia que ainda ecoará pelos séculos. Isto é, nada melhor que um “vai se foder!”… rsssss

      Abraço.

      Ivan.

    1. Oi Taynar,

      Que bom que vc está bem, I guess =)

      Que bom que você entende de mulheres assim. Se por acaso esse sonho se tornar realidade e eu vir a me casar com Serena, você faz terapia com casais? Acho que irei certamente consultar seus conhecimentos. rsssss… felizmente foi tudo um sonho, a realidade é que agora Serena é minha chefe e a única coisa que ela quer comigo é me dar um pé na bunda. Vou ficar esperto…

      😛

      Beijoca.

      Ivan.

  6. Ivan…Adorei a visita….eu não socei o porrete nos gordos…adoro os gordinhos…rsrsrsrs
    Adoro torta de limão..como inteira se deixarem…Volte mais vezes!!!!!

    Ah…gostei daqui, também vou voltar com mais calma…

    Ps: do lado do meu teclado, só um pacotinho de m&ms…rsrsrsrsr

    Bjos!!!!!

    1. Amanda,

      Grato pela retribuição e pelas palavras de aprovação. Eu sei que você não socou porrete nenhum. O que você não sabe, e se continuar voltando aqui logo saberá, é que eu sou viciado em hipérboles… rsss

      Beijinhos

      Ivan.

  7. Ah!, quem não tem uma “Serena” dentro de si?… as vezes exagaredamente outras bem de leve! me vi em muitas frases dela…. confesso!!! ahahaha

    Above all… eu gostei dela, achei bem sincera. Bem “ela”! rs

    Um beijo Ivan!

    boa semaninha!!!!

    1. Pois é. E eu pensando que Serena fosse exceção e não regra. Tolinho. O mundo é das Serenas.

      Um beijo, Mariana.

      Ótima semana para você também!

      Ivan.

  8. “Serena – Surra leve com um toque de humilhação. Nada violento, mas com uma pitada de perigo. Eu não chego ao clímax com facilidade, portanto esteja preparado a grande esforço.”

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA.

    sem comentários.sem comentários.

    1. Olá, minha querida Luna!

      Vocês mulheres são todas umas Serenas da vida. E eu achando que iria encontrar solidariedade. Sou um mero golfinho na enseada de Taiji. 😛

      Beijos, meu bem.

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s