Top Seven

    Em face do sucesso que meus conselhos sexuais fizeram na semana passada, hoje eu volto a tocar no mesmo tema. De todas as dicas que eu passei no post De Duro A Mole, Simples Assim, a que mais atraiu interesse foi o orgasmo fingido. No post de hoje eu gostaria de listar as 7 (sete) principais razões pelas quais mulheres fingem orgasmo. Algumas pessoas podem dizer que eu não sou uma pessoa indicada a esse tipo de conselho porque eu sou homem e heterossexual. Contudo, como escritor, embora amador e imensamente limitado,  posso também lançar mão do “conceito” das figuras do feminino em Chico Buarque e dessa forma escrever com alguma coerência acerca do universo feminino.  Assim como no universo buarqueano, eu pretendo aqui transcender a simples e convencional escolha do sexo oposto como musa inspiradora e objeto de exaltação poética.  Em sua obra, Chico consegue pôr-se no lugar da mulher, tem extrema sensibilidade para perceber a opressão como ela percebe, sem partir de um ponto de vista estritamente masculino, mas usando seu eu-masculino, de homem esclarecido do seu tempo, para enriquecer as experiências.

    Em face desse meu breve intróito, você leitor e leitora,  pode perceber a seriedade dessa abordagem e das conclusões que enuncio a seguir:

    7 Razões Principais Pelas Quais Mulheres Fingem Orgasmos:

  1. 50-70% Sale: Elas não conseguem pensar em outra coisa senão a liquidação anual de 50% nas roupas do Cantão e com o saldão de 70% nos sapatos e acessórios da Arezzo. Não conseguem concentrar e então fingem o orgasmo para “acabar logo com essa palhaçada”. Afinal de contas, como é que ela pode estar ali trepando fazendo amor, enquanto a Silvinha, a Patrícia, a Mariana, a Bebel, a Soraia e até a porra da Dna. Odete já estão montando acampamento na porta do shopping?
  2. Injeção no Ego: Às vezes a mulher sente que seu homem precisa de um empurrão no ego. Talvez as coisas não vão bem no trabalho. Talvez ele não tenha conseguido aquela promoção que estava quase certa desde o ano passado. Talvez isso, talvez aquilo. De alguma forma, às vezes  a mulher sente a necessidade de dar “aquele tapinha nas costas”, sabe como é? Um pouco de “ótimo trabalho, hein João!“… A idéia dela é deixar o cara pensando algo parecido com: “Eu posso não ter conseguido aquela promoção, mas eu tenho certeza que eu promovi minha mulher à gerente regional na indústria do orgasmo“.
  3. É a sua deixa:  Às vezes a mulher se cansa de fazer sexo. Se o homem não estiver fazendo a coisa bem direitinho a fim de levá-la ao orgasmo, o intercurso sexual pode se tornar demorado, exaurível e até doloroso. É notório que alguns homens ‘seguram a gozada’ para esperar pela mulher, e por isso,  a fim de acelerar o processo a mulher finge um orgasmo para que ele acelere aquela porra [literalmente] e ela se livre daquele encosto.
  4. Tédio: O sexo pode se tornar algo muito mundano e chato. A mulher pensa: Será que ele vai levar a noite toda? Será que isso não vai acabar nunca? Nossa Senhora, eu não me lembro da última vez que fiz algo tão chato. O que será que eu faço amanhã para o almoço? Eu não acredito que a Zuleica usou aquele vestido hoje, eu não sabia que existia vaca cor de rosa. Ai, que merda! Eu já ia me esquecendo desse sexo… fique calma… finja que você está concentrada nisso… e 3…. 2…. 1….. Ohhh… Ahhhh… OooOOoOooOOOOooh”.
  5. Constrangimento:  Esse recadinho é mais voltado aos homens. Eu não sei se você sabe ou não, mas a maioria [eu digo a maioria messssmo] das mulheres não consegue  atingir o clímax sem estimulação clitoriana. Sim, o grelo, seu idiota! Elas, g e r a l m e n t e  não sentem a mágica apenas com o seu Zezinho. Portanto, dê um desconto se ela ficar um pouco constrangida ao não conseguir o orgasmo. Muitas vezes é bem melhor pra elas fingirem do que ter que ouvir um babaca dizer: “O QUE? Você não gozou?”
  6. Pena: Às vezes as mulheres têm dó daquele ser que está preso a um pênis e pensam: “Putz, acho que o cara é ruim mesmo.” Elas começam a se questionar: “Essa não pode ter sido a performance sexual mais miserável e ultrajante que esse cara já teve…” A mulher pensa: “Será que alguém já se anulou por completo só pra fazer esse pobre coitado se sentir um pouquinho especial?” E, assim, única e exclusivamente por pena do sujeito e de sua falta de cérebro conhecimento e ritmo, a mulher vai dar uma bela fingida só pra parecer que… mesmo que apenas por um segundo… você sabia que merda era aquela que você estava fazendo.
  7. Cartão de Crédito: Volte seu pensamento para o Top 1 [50-70% Sale]. Agora imagine como é que a mulher vai adentrar [poderosamente] à uma loja do Cantão ou da Arezzo e comprar suas bagaças em liquidação….. Exato! O cartão de crédito do infeliz que está em cima dela enquanto ela pensa nas outras vacas mulheres que já estão lá caindo na porrada pelas sandálias tamanho 37 da Arezzo e os vestidinhos e macacões transpassados da Cantão. É em situações como essa que o orgasmo modo Harry & Sally entrará em ação.

PS1: A loja Cantão é uma marca que lançou hits como a mochila jeans, a febre das agendas, o tênis Redley, as t-shirts, os vestidos, sempre recordistas de venda, e as estampas, principal característica da marca. Eu não sei qual o apelo junto às mulheres em outros estados, mas no meu estado de nascença e onde cresci [RJ], o bicho pega quando se trata do Cantão.

PS2: Se a imaginação me permitir, teremos mais desses textos no futuro breve…

blog ivan 1

blog ivan 3

blog ivan 2

__________

pensando

45 comentários sobre “Top Seven

  1. Queridão! Passando pra me atualizar aqui!

    Confesso que no começo achei bem estranha a forma como o texto seguia, didático, quase científico… pensei “pronto, agora o Ivan perdeu as rédeas de vez!” mas depois, “ufa!” era só “tiração de ondinha!” kkkkk Adoreiii! (Principalmente a parte que a criatura fica lá ‘viajando’ em seu próprio mundo, quando finalmente se lembra onde está e começa a fingir.)

    Mas, cá pra nós…fingir é de lascar, heim?

    Beijos beijos!

    1. Miss,

      Euuu??? Tirando onda??? Até parece, viu?! Aff

      Fingir é totalmente de lascar, por isso eu não finjo. 😉

      Beijinhos.

      Ivan.

  2. Ivan, como está?
    Menino, vc está revolucionando o mercado heim?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Gentileza sua, mas saber que de certa forma eu possa estar a ajudar alguém é gratificante.

    Abraços
    🙂

    1. Olá, menino Dil!

      Eu vou muito bem, obrigado. Espero que você também.

      Revolução é comigo mesmo, Dil! Como dizem as meninas pelos blogs que leio, o negócio é “causar”… rssss

      Um abração!

      Ivan.

  3. Gostei muito do uso que faz das palavras para expressar o que pensa e sente…mesmo o universo feminino sendo visto, pela maioria dos homens, como algo inatingivel, creio que basta pensarmos no outro como ser humano e não com rotulos sobre machos e femeas, homens e mulheres, meninos e meninas…somos iguais…..mas cá pra nós…amo nossas diferenças e são elas que nos completam…
    Parabéns…
    lamb..lamb….pra vc

    1. Malu,

      Muito obrigado por sua visita e por seu comentário. Você falou bonito e com muita propriedade. Realmente, as diferenças são um prêmio, uma grande ajuda para sabermos discernir entre uma coisa e outra. Se com elas já é difícil, imagine sem, não é mesmo? rssss

      Lamb, Lamb??? Vem cá, você andou lendo meu post com o diálogo entre o Otaviano e o Florêncio? Se foi isso, então ‘lamb lamb’ pra você também… haha!

      Ivan.

  4. Sinceramente, é tudo verdade. hahahah

    hum, em especial a razão número 3.rss

    e a-d-o-r-e-i a legenda do filme Orgulho e Preconceito. hahahahahah ameeeei, eu queroooo tambéééém!

    ah, e o texto do primeiro encontro é realmente lindo. acho que porque é ‘real’, no seu contexto. ‘comer em fast food em ocasiões especiais’.

    – depois vc diz, que é um trator com engrenagens rigidas pra escrever, muita modestia de sua parte.

    beijos imensos.

    1. Queridíssima Luna,

      Concordo com você, é tuuuudo verdade, em especial as razões de 1 a 7. Eu acho que se o tempo e o espaço permitissem, iria rolar umas top 70.. haha

      Sobre a legenda, você me deixou pensativo. Apesar de eu estar pensando na moça falando ao bonitão, a coisa ficou dúbia. Ele também poderia estar falando à moça. Como é que você viu a bagaça? rsss [Percebi o pedido… vou pensar no seu caso.. rs]

      O texto do primeiro encontro tá bem bacaninha mesmo. Acho que vou até fazer outro. Mas também real e contextualizado…. rsss

      Modéstia minha e absurda gentileza tua. Grato pelos beijos imensos. Outros pra ti, doçura.

      Ivan.

  5. Ivan, Ivan, com quem vc anda conversando? Ou que blogs anda lendo? Vc é o único ser humano do sexo masculino que eu conheço que realmente sabe do que está falando quando o assunto é orgasmo feminino. Ou neste caso, a falta deles.
    hauhauhauhau…
    Números 3, 4 e 6… Concordo plenamente.

    E que lindo o bilhete do primeiro encontro. Lindo, lindo e meigo. =)
    Muita sorte dela, se leu essas palavras. 😉

    Beijo Grande.

    1. Minha querida leitora das madrugadas,

      Não ando conversando com ninguém. Acho que a intervenção feminina ajudaria muito a ampliar minhas observações. No fundo, sou apenas um afortunado por estar vivendo nesse momento da história onde as informações saltitam aos olhos. Sou um sujeito extremamente observador e acabo vendo até aquilo que estão longe aos olhos e ouvindo o que não chega aos ouvidos… rs

      Adoro muito tudo isso!

      Um abraço e um beijo carinhoso pra você.

      Ivan.

  6. Vc está se tornando um verdadeiro conselheiro sexual, entendedor do universo feminino!
    Só não concordo com a 1 e a 7, talvez pq não seja uma das minhas razões…Mas as outras concordo em genêro,número e grau!
    E fingir é mesmo de lascar!
    E a marca Cantão é mesmo tudo de bom!rss…
    Bjo!

    1. Oi Ana!

      Olha, eu vou negar o título de “entendedor do universo feminino” para com isso manter minha integridade física. Acho que se descobrem que eu entendo as mulheres é capaz de me matarem pra estudar meu cérebro. haha

      Fingir é de lascar mesmo, mas até que de vez em quando vale a pena soltar a veia artística pra testar se convence ou não! rssss

      Cantão é massa. Até eu que sou homem curtia as vitrines da loja da Ataulfo de Paiva no Leblon. Sem contar que já tive 3 Redleys: 1 vermelho, 1 verde e 1 branco. 😛

      Beijão.

      Ivan.

      1. Olha, não vou negar que vc corre mesmo risco se te descobrem como entendedor do universo feminino…
        Em relação a fingir p testar se convence ou nã0,acho que nem precisa,acredito que sempre convencemos…rsss
        Mais beijos p vc!!!

        1. Oi querida Ana,

          Então, vamos combinar: estou sobre proteção. Sou testemunha protegida por delação premiada.. rsss

          Beijos pra você!

          Ivan.

  7. Você começou o texto de forma literária, bonita e quase filodsófica, falando do Chico, cheio de inteligẽncia e estilo. Mandou muito bem… e aí o véu se levanta e revela a face do arlequim esperto. Muito bom, realmente, adorei. Porque é tudo verdade. Claro que eventualmente há outras razões, como por exemplo certos homens se garantirem tanto na sua receita de levar a mulher ao orgasmo (alguns só fazem a mesma coisa toda a vida, todas as vezes tocam nos mesmos lugares, e rapidinho, pra “fazer o serviço logo” e se dar bem no final, nem tentam descobrir se a mulher gosta daquilo. Insensibilidade. Aí a mulher se cansa e como você bem falou, “pra dar fim à palhaçada” e poder dormir sossegada, fingem.

    Se eles se garantissem menos e se esforçassem mais, talvez não fosse necessário todo aquele teatro…

    Parabéns pelo excelente humor, como sempre, e pela tua percepção do feminino, do que há de fino e de cômico. mandou muito bem, Ivan!

    beijoca

    1. Oi, queridona!

      Pois é, com pegadinha é mais gostoso… rsss

      Obrigado por suas palavras gentis, Cecília. Eu adoro me distrair com essas “coisinhas” da vida. É bom dividir as coisas que passam por minha cabeça e me divertem muito [aquelas das quais conseguimos fazer graça]. Fico feliz por te alegrar.

      Beijoca.

      Ivan.

  8. Excelentes palavras sobre o Chico. Dia desses declarei, no blog de uma moça também fanática por ele (quando digo também, me refiro a ela e a mim), que, ainda nessa encarnação, teremos um romance tórrido (agora, evidentemente, me refiro a ele e a mim). Não sei se essa piração passará sequer a projeto, já que ele nem sonha que eu existo, e todo o processo exigiria muito tempo e esforço, néam? Rs

    Daí, lendo o teu texto, me pergunto : se os homens tivessem a possibilidade de fingir, acho que até fariam, mas só e exclusivamente para livrarem-se logo do martírio, para ver se aplacavam a TPM da mulher, sei lá. Não usariam esse recurso por sentirem pena da dita cuja, não…é de pensar.

    * Obrigada pelo lindo comentário lá no Céu. Se me mostrassem uma pilha de 1 milhão de comentários e me pedissem para descobrir qual era o teu, eu diria que era aquele…tem a tua cara, ninguém mais escreveria algo assim.

    * Adorei o bilhete no papelão.

    Beijos de domingo, quantos quiser.

    ℓυηα

    1. Oi querida Luna,

      Quero deixar claro que a minha comparação com o Chico Buarque é mera parvoíce e insensatez. O talento, a erudição e a capacidade dele é incomparável. Contudo, para que meu comentário não pareça subserviente, deixo claro que sou bem melhor que o Chico em outras coisas. Melhor ainda, em certas coisas ninguém é melhor do que eu. Na verdade, em certas coisas, ninguém é melhor do que nós mesmos! 🙂

      Vou te contar um segredo: homens TÊM a possibilidade de fingir. E eles a utilizam. Por motivos diferentes, mas usam.

      Foi um prazer o comentário no blog novo de vocês sete. Uma extravagância de blog ao qual desejo muito sucesso. Vou ler.

      Eu também adorei ter escrito o bilhete no ‘amor de papelão’… rss.. embora eu prefira sanduba do Subway… rss

      Beijoca.

      Ivan.

  9. Amigo adorei o post mas que injustiça rssss
    É verdade que a liquidação da Arezzo e da Cantão não é coisa que se perca, mas fingir pra escapar?? não não… Se fosse eu nem começava kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    bjos amigo e volte sempre, apesar de vc dizer q só escrevo besteirinha de mulheres, o blog lá pode ser um bom material pra vc ntender a alma feminina rsss

    bjocas e bom restinho de domingo pra vc rsss

    1. Olá Lany,

      Bom te ver novamente por aqui! Realmente seu blog é uma boa fonte de pesquisa, mas não da alma feminina. Ali é bom para saber as novas tendências de maquiagem, sapatos, cores, bla bla bla etc etc. rsssss

      Beijoca.

      Ivan.

  10. Ivan,
    Já ouvi vários motivos e explicações… mas as suas superaram minhas expectativas….
    E a do cartão de crédito, hein? Foi a mais perversa.
    Oh, pode continuar neste caminho… você consegue entender bem o nosso universo. E podia até dar conselhos pra alguns homens mal informados por aí…
    Boa semana,
    Beijos

    1. Olá MM,

      Vou continuar neste caminho. Prometo. Espero que os homens mal informados dêem uma espiadinha nessas dicas. Imagine a cena:

      – Ai querido, gozei tanto…
      – É. Eu percebi… Onde é a liquidação essa semana?

      rssssss

      Beijos.

      Ivan.

  11. caramba..to começaando a pensar que isso aqui é um club da luluzinha…
    Pô Ivan ! Essas dicas que vc dá me deixam com a pulga atras da orelha…

    Ainda bem que comigo isso não acontece !
    Nunca, ouviu bem ?, nunca uma mulher fingiu orgasmo comigo…e não vou mais deixar minha mulher ler nada aqui…
    E se fingiram é porque não conseguiam se concentrar direito e aí a culpa não é minha…

    (cara, vc escreve bem pacas ! )

    1. Claudio,

      O clube aqui é da luluzinha e do bolinha. Tome por nós dois, oras! rs

      As dicas não têm a intenção de deixar pulga atrás da orelha de ninguém, a idéia é deixar um cachorro inteiro! rssss

      Muito obrigado pelas palavras gentis. Eu vou dizer pra tua mulher que você é um bom homem. rss Não a proiba não, porque proibido é ainda mais interessante. 🙂

      Um abração!

      Ivan.

  12. estou preprarando um texto com o orgasmo fingido do homem…em breve mando…

    (é muguerada, os homens também fingem, que sentiram prazer, ja que gozar é fisico e visivel…)

  13. Ahhh Ivan que saudades!!!!
    Adorei o….”e 3…. 2…. 1….. Ohhh… Ahhhh… OooOOoOooOOOOooh….”
    ahuahauahuahauhau
    Obrigada por perguntar viu, no trabalho está uma loucura, ainda tem o marido, o inglês, o filho….aff a sogra ( naja)….uufffaaa…..estou cansadinha…e meio sem idéias pro blog…
    Mas venho lhe visitar sempre viu….
    adoro seus textos!
    Beijão e boa semana….

    ( Adoro Cantão!!)

    1. Oi Barbarella!

      Que bom que você está viva e com saudades! rs

      Pelo que parece você está mantendo suas mãos ocupadas com a vida. Isso é bom. Isso é normal. Anormal é ficar escrevendo e lendo blogs. Coisa de gente que não tem o que fazer! Deus me livre disso!

      rs

      Espero que o ritmo aí se ajuste e você volte a escrever e comentar na blogosfera. Sua visita sempre traz festa e riso.

      Beijoquinha e excelente semana!

      Ivan.

  14. Ivan, seu bobo, adorei a foto das meninas de Sex and the City. Sobre os finjimentos aí, ual, eu não finjo, simplesmente falo pro cara que eu nao tive orgasmo, quando namorei a primeira vez “achava” que tinha orgasmo, mais depois qe foi descubrir o que realmente era aquilo, e depois que descobri não abro mão disso. Se um cara não me faz ter um orgasmo eu não o reencontro. Por isso meu cara me faz ter até tres numa noitezinha de sexo atoa. Abraço.

    1. Querida Ludmilla!

      Adoro te ler. Você sempre me deixa com a sensação de que “essa menina parece não escolher palavras e coisa e tal…” Te louvo por isso. A sua meninice lhe permite tal coisa. E, cuidado com esses orgasmos em noites de sexo a toa. Vai que fica sério e de 3 pula pra 6! Isso não deve fazer bem à saúde… eu sou proibido pelo médico a me meter nesses eventos desregrados! :-/

      Beijoquinha.

      Ivan.

  15. Ivan…

    to viciando nisso aqui..rsrsrsr

    Sobre fingir…já fingi muitooooo….fui casada por nove longos anos, e nem sempre estava focada no que estava fazendo, pensando no almoço, nas contas,em como o teto precisava de uma pintura….ou então pra acabar logo….BUT, hoje faço questão de “ficar Feliz”, se não consigo, faço de tudo, mas brigo(no bom sentido) pelo meu direito de sentir prazer…

    bjos!!!!!!

    1. Amanda, meu bem!

      Você precisa rapidamente se internar numa dessas casas de recuperação se quiser ficar completamente “addicted-free”. Essa bagaça aqui é um eixo sem fim e não tem mais volta. Um dia, quem sabe, minha fonte de besteirol seca, mas por enquanto a idéia aqui é corromper as mentes e os corações e criar um bando de dependentes!

      Falando sério, gostei da sua postura. Acredito que uma grande maioria de homens é insensível às necessidades e ao ritmo das mulheres. A parceria é muito importante para se alcançar plenitude nas relações sexuais. Agora, gostei quando você diz que faz de tudo para garantir o seu direito, porque realmente é um trabalho mútuo. Não se pode atribuir responsabilidade a uma das partes para se alcançar ou não o prazer. Isso é tarefa dos dois.

      Beijocas.

      Ivan.

  16. Como é bom ficar velhinha e descobrir o sexo sem script, descobrir o sexo natural, simples – como é bom descobrir que ruim é a sacanagem. Como é bom descobrir que não somos mais condicionadas ao sexo dos suspiros, dos ais ais , como é bom o direito à leveza, e do fim do malabarismo..
    Beijos da Mãe de Matusalém (rs)

    Ps. Bob”s=sanduiche salada de atum: local visconde de pirajá .. frase do dia .. sabe ler , então ve se escreve e mande noticias

    1. Querida Mamãe Matusalém,

      Só faltava você pra colocar ordem nessa fuzarca! Estou enganado ou você está se referindo ao sexo tântrico? A propósito, sábia mamãe, neguinho finje no sexo tântrico? rsss

      Olha aqui, melhor que a salada de atum era a salada de ovo no Bob’s lá da Saens Peña, seguida de uma pipoca do Palheta…

      Eu sei ler sim. E até sei escrever. E assim sendo, dar-te-ei notícias. Acredito que em mais alguns poucos dias de funcionalismo público eu já estarei tendo mais tempo, seja por uma greve da categoria, um pedido de licença sem ou com remuneração, ou quem sabe um adiantamento da licença prêmio. Percebo pela cara do pessoal da repartição que o negócio lá é uma festa só! O chefe despacha com um Black Label na mesa, a secretária passa o dia mandando scrap no orkut e mostrando os peitos na webcam, o analista sênior analisa todos os jornais do país [curiosamente apenas a sessão de esportes], o horário do almoço parece durar 4 ao invés de 2 horas, provavelmente porque eles incluem no interstício uma ida ao salão, manicure, pedicure, feira, imobiliárias, lotéricas, academia e afins. É uma festa Juju! 😛

      Beijos, meu bem!

      Ivan.

  17. ja que vc gosta de Henry Miller, vai uma frase dele pra vc fazer uma arte :

    “the aim of life is to live, and to live means to be aware, joyously, drunkenly, serenely,divinely aware ”
    traduzindo…
    “o objetivo da vida é viver, e viver significa estar consciente, com alegria, bêbado, serenamente, divinamente consciente”

    1. Opa… Henry Miller!

      Mando de volta uma citação de um outro grande pensador ao qual admiro imensamente:

      “Não sou jovem o suficiente para saber tudo.” Oscar Wilde.

      Um abraço, Claudio!

      Ivan.

    1. Apareceu!!!!! Oi Rô!

      Confesso, mas só pra você. Experiência própria sim, de 1 a 6 foi contigo, e a 7 eu não me lembro mais! hahahaha!

      Brincadeirinha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Bom te reler.

      Beijos.

      Ivan.

      1. Tinha “quase” certeza disto..
        vem cá .. podemos concluir a 7 então que tal hoje a noite? risos
        beijo
        também te amo

        1. Ah! Eu nem vou responder só pra te dar o prazer de ter a palavra final. Aliás, esse será o único prazer mesmo!

          Te amo sim. rsssss.

          Beijos, meu bem.

          Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s