Project Runway – Il Fettuccine

Noutro dia eu fui almoçar com a Cristina, uma amiga minha de adolescência. Ela mora numa cidade do interior de São Paulo e veio visitar Curitiba em suas férias e aproveitamos para nos encontrar. Levei-a pra almoçar num restaurante chamado Babilônia que fica próximo à minha casa. A Cris é baixinha, bonita, divertida e bastante extrovertida.

Enquanto a gente estava  olhando o menu, duas mulheres incrivelmente altas e elegantemente magras chegaram ao restaurante. Elas eram uma versão vestida em grife dos personagens de desenho animado de Tim Burton e entraram no recinto como se estivessem flutuando com seus pescoços de cisne e cabelos brilhantes.

“Elas são modelos”, disse Cristina. “Olha pra elas. Eu tenho certeza que são modelos.”

“O Fettuccine Alfredo daqui é uma maravilha. O que você acha?”, eu perguntei.

“Tá na cara que as duas são modelos – olha só pra elas.”

“É bem calórico, eu sei, mas é uma delícia…”

“Quando eu era mais jovem eu queria ser modelo.”

“Ah, que se danem as calorias. Eu vou é pedir esse Fettuccine. Não é toda hora que eu como um desses!”

Quis o destino que o maitre as colocasse sentadas à mesa ao lado da nossa. A Cristina olhava com fascinação [e sem nenhuma discrição] para o modo com que elas cruzavam suas pernas de vinte e tantos metros debaixo da mesa.

“Que idade você acha que elas têm?”

Eu levantei a cabeça tentando não fazer muito barulho ao chupar o macarrão pra dentro da boca.

“Sei lá”, eu disse. “Mais nova que nós dois com certeza.”

Cristina suspirou romanticamente.

“Eu ainda adoraria ser modelo.”

“É.. Eu também. Me diz, você vai comer todo seu Fettuccine?”

Na hora em que o garçom nos trouxe a conta, a Cristina já não se aguentava mais.

“Eu vou perguntar se elas são modelos.”

“Por que? Que diferença faz?”

“Eu quero saber, oras!”

“Cris, larga mão de ser abelhuda!”

“Com licença,” Cristina disse para a ruiva de 4 metros e meio de altura. “Vocês são modelos?”

Dois rostos magros cobertos de pancake, duo cake, caralho cake a 4, viraram-se para nós e disseram:

“Sim, nós somos.”

“Uau”, disse Cristina. “Eu sempre quis ser modelo. Sério. Quando eu era mais nova eu daria um pedaço do meu corpo pra ser modelo.”

Claro que isso levaria a sua carreira de modelo numa direção no mínimo esquisita, mas eu deixei passar quieto. As modelos estavam claramente curtindo o entusiasmo dela.

“Quantos anos vocês têm?”

“Cris! Você não perguntou às meninas a idade delas, foi?” Eu quase entornei o cafezinho.

“Geralmente ela não é assim, tá?” Eu disse às modelos.

“Mentira, eu sou sim. Então, qual a idade de vocês?”

“Eu tenho dezessete”, disse a ruiva. “Eu dezenove”, disse a outra.

Naquele instante eu percebi que o sonho que a Cristina estava cultivando das três juntas irem para o bar à noite para tomar Cosmopolitans de modo a todos os presentes pensarem que TODAS eram modelos, foi por água abaixo num piscar de olhos.

Nós nos despedimos das modelos e pagamos a conta. Após um momento quieto de contemplação a Cris olhou pra mim e disse: “Vamos entrar naquela confeitaria que eu vou lhe pagar uma torta de chocolate.”

Assim que eu gosto. Essa sim é a minha amiga Cristina.

_______

Bilhetinhos de Amor em Papelão estão sendo publicados
diariamente no outro blog. Clique aqui.

29 comentários sobre “Project Runway – Il Fettuccine

  1. Ivan,

    Ah..eu também queria ser modelo, mas ao contrário da sua amiga, cultivo o ódio mortal toda vez que as encontro na rua….perto do meu trabalho , tem uma agência hiper famosa aqui de Sampa….fico torcendo para que elas tropecem nos metros de pernas…..

    é , eu sou assim….

    beijo!

    1. Bom dia Amanda,

      Você é minha amiguinha, não é? Diz que é, diz que é! Então Amanda, você sabe que eu só penso coisa boa a teu respeito, que você é bonita, inteligente e muito boazinha cof cof cof e que a gente nunca vai brigar… 😛

      Amo honestidade assim bem escrachada! rssss

      Beijocas.

      Ivan.

  2. Olá, companheiro azarado!

    Teu post me fez rir nesse dia particularmente cinza.

    Obrigada

    (ai que fomeee!!!)

    1. Oi, companheira Marjorie!

      Que bom que dias cinzas ainda deixam espaço para risos. Eu é quem agradeço por ter compartilhado lá no seu espaço.

      Corra lá e coma alguma coisa que não seja alface, rabanete ou xuxu.

      Bjo.

      Ivan.

  3. Ahh são tão lindas e adoradas essas meninas…
    Mas viu, não invejo não…adoro ter 1,59…ter minhas curvinhas….e comer a vontade….
    Bem fala sério…tem coisa melhor que fettuccine Alfredo…hummmm e ao pesto???? hein ??? hein??? e ao sugo???? e a bolonhesa ????
    ai ai… com esse cérebro obeso, nem que eu quisesse conseguiria ser modelo….a não ser que seja de uma casa de massas….kkk
    Ah Ivan…vou ter que me acabar num prato de fettuccine hoje….que sacrifício….
    Bejinhuu
    Babi

    1. Oi Babbi,

      Eu ia até responder teu comentário, mas você me deixou com fome. Vou ali pegar um pão dormido, torrar na frigideira, fritar um ovo, fazer um copão de Nescau, pingar baunilha e fechar com goiabada e queijo. A gente tem que comer bem pra ter sustância, não é mesmo?

      Humm… será que ainda sobrou aquele strogonoff de palmito de ontem? :-/
      Será que strogonoff no pão fica gostoso?

      Beijo, beijo…

      Zummmmmmmmmmm

        1. Babbi,

          Um blog desses faz parte de meus projetos futuros! Depois que dei a minha receita de ovo frito aqui no blog, percebi a minha inclinação e talento para gastronomia.

          Vai bombar!

          Beijoca!

          Ivan.

  4. Eu adoro as modelos. De verdade. A irmã que a vida me deu, mãe do Bento, era uma. Cresci vendo books, aulas de desfile, e se sei andar de salto 10 agulha, a culpa é toda dela.
    Adoro as modelos. E nunca quis ser uma. Rsrs…
    Eu sempre tive noção dos meus limites, ao menos. E não dispenso a torta de chocolate.
    Rsrs

    Beijo Grande.

    1. Oi Maíra!

      Eu também adoro modelos. Queria uma para eu usar como palito de dentes. Brincadeirinha!!!!! rsss

      Eu acho elas umas bonequinhas, apesar de que penso que deveriam ser menos magrinhas e que deveriam sorrir mais. Elas parecem tão zangadas e marrentas naquelas passarelas.

      Ha!

      Beijão!!

      Ivan.

  5. Vou fazer um mea-culpa:
    *Eu tb tive o sonho de ser Modelo-Manequim *
    Sonho esse que se tornou pesadelo, quando:
    Alem de carregar, a bolsa levava comigo uma escada de quatro degraus dobrável:
    E o dia fatídico que me engasguei comendo sofreguidamente o guardanapo de papel na hora do almoço.

    (rs)

    Beijos

    PS… Blog bombando, to adorando

    1. Juju!

      Manequim foi ótimo! Hahahaha Eu deveria ter me lembrado disso entre uma garfada e outra de fettuccine e goles de Tônica [diet]. Se eu lembrasse à Cris que na nossa época chamavam de manequim… hahahaha… ela talvez teria desistido de tentar ser coleguinha das magricelas.

      Falando em manequins, você não tem visto a Bispa Sônia, a Marta Suplicy e a Christina Kirchner aí pela Oscar Freire? :-/

      Para de dizer que o blog tá bombando. É só eu pensar em desistir dessa bagaça e vc vem pagando pau… rsssss

      Beijos, queridinha minha.

      Ivan.

      1. Bispa Sônia, a Marta Suplicy e a Christina Kirchner e *Euzinha**, estamos envolvidas na campanha * Botox para Todos * afinal, acreditamos que **A maior conquista de um homem nesse século é morrer velho, o mais jovem possível (Oscar Wilde nesse momento rodou de rir na tumba), faremos passeata pela Oscar Freire, aguarde noticias
        Hebe Camargo, já confirmou presença

        (rs)

        Beijos

        1. Ha!!!

          Ana Maria Braga também vai. O louro José confirmou hoje cedo. Será a maior concentração de Toxina Botulínica em São Paulo. Mais tóxico do que isso, só a Cracolândia.

          Beijinhos.

          Ivan.

  6. Devo ser meio anormal mesmo… nunca quis ser modelo… o.O
    Ainda bem que a Cristina desistiu da fixação a tempo de vocês curtirem a torta de chocolate!!!

    E o bilhetinho no papelão… ah, esse vou comentar lá no outro blog…
    Beijos

    1. Oi, MM!

      Eu também acho que sou anormal. Nunca quis modelar também. :-/

      Cristina não é do tipo que desiste fácil. Ela ainda vai voltar ao assunto de alguma forma lá em sua cidade. A bichinha é danada.

      Obrigado por prestigiar o amor de papelão e divulgá-lo. Esse bilhetinho em particular está cheio de nuances especiais. 😉

      Bitoca.

      Ivan.

    1. Oi Sentimental!

      A Cris estava apenas enfrentando uma pequena crise de idade e tendo que lidar com coisas que já não mais seriam… algo comum em todos nós nascidos nos 60’s! Nada que um pedação de torta de chocolate e outro de Marta Rocha não resolva… 🙂

      Beijoca em você.

      Ivan.

  7. Oi Ivan, tudo bem ctg?
    Menino, adorei a Cris, kkkkkkkkkkkkk
    Achei ela ótima, me acabei de rir, rs

    Abraços
    🙂

    1. Menino Dil, o psicólogo dos blogs!

      Aqui estou bem, apesar do trabalho. Essa coisa de que o trabalho dignifica o homem… dignifica é o C*#@$&**

      😛

      A Cris é uma figuraça mesmo! Baixinha folgada, divertidíssima e de bem com a vida.

      Um abração, amigo!

      Ivan.

  8. sangre … …traigo de la tarde herida en la mano y una vela de mi corazón
    para invitarte y darte este alma que viene para compartir contigo tu bello
    blog con un ramillete de oro y claveles dentro…

    desde mis HORAS ROTAS Y AULA DE PAZ TE SIGO TU BLOG

    CON saludos de la luna al reflejarse en el mar de la poesia …

    AFECTUOSAMENTE

    jose ramon…

    1. Oy Jose Ramon, beieza?

      Mi portuñol és mucho malo, tá lygado?

      Muchas gracias por ter comentado em mi bloguito. Pode volver siempre que acá nós otros gustamos de gringos!

      Ha!

      Uno abracito! Arriverdetche!

      Ivan.

    1. Oi Miss!

      A Cris é um grande barato! Ela está sempre atenta ao que está acontecendo e é definitivamente do tipo que “causa”.. rsss

      Beijo.

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s