Você viu?

Eu e minha filha Ana Carolina de 19 anos numa breve conversa:

Filha: Pai, você viu aquela mulher na Inglaterra que canta com uma voz maravilhosa?

Pai: Ah sim. Maravilhosa.

Filha: Demais, né pai?

Pai: Melhor ainda, você viu aquela jurada?

Filha: Sim.

Pai: Ela é LINDA. Minha nossa senhora! Inacreditável.

Filha: Sim, tá. Então…

Pai: Eu até liguei pro meu amigo Rodrigo e disse: “Cara, você viu a jurada?”

Filha: Nossa, já são quase duas horas!!

Pai: Ele até me disse, “Nossa, ela é um espetáculo de mulher!”

Filha: Acho que meu celular tá to…

Pai: Caraca, filha. Eu não consegui parar de olhar pra aquela moça. Que olhos, que boca, que corpo.

Filha: Quer saber, eu não estou me sentindo muito bem. Vou pra casa.

Pai: Ok. Tudo bem. A gente se fala mais tarde.

Sim, BEM mais tarde.

__________________________________________________________

25 comentários sobre “Você viu?

  1. Gosto muito do jeito que você retrata seus filhos.
    Devem ser figuras raras, né? rs

    E tadinha da Carol. Papai falando de coisas como boca e corpo de outra mulher nem é das coisas mais agradáveis de ouvir…
    Imagina só se fosse ela falando do peitoral magnífico e dos olhos sedutores do Rodrigo Santoro, de que ela não saberia o que fazer se aquela coisa linda olhasse pra ela um tiquinho que fosse… A conversa ia em frente?? 😛
    hauhauhauhau…

    Beijo Grande

    1. Oi Querida!

      Meus filhos são preciosos. Quisera eu ter a mente, a capacidade de coadunar as ideias de tantas conversas e experiencias que trocamos.
      Quanto ao Rodrigo Santoro, a conversa iria ser super normal e madura. Ela iria falar do peitoral do cara, e eu diria. Peitoral de boiola!!! Bichona de primeira linha!!!
      Ela iria dizer: “whatever”… e a conversa iria terminar ali. Do jeito sadio, educado e coerente.

      Ha! [x1000]

      Beijoca.

      Ivan.

  2. Lembrei de um serviço suuuuuuper útil, que simula uma ligação no celular, para as pessoas livrarem-se das inconveniências, com essa desculpa “Tenho que atender o telefone”.

    Claro que a Ana não precisa disso, ela diz “Pai, vou ali e, talvez, volte depois”. Rs

    Casos de família despertam o que há de melhor em mim…acredite, tem um monte de coisas boas, aqui.

    beijo, só 1/2.

    ℓυηα

    1. Oi Luna,

      Esse serviço do celular é usado por alguns homens para escapar de uma mulher feia num encontro às escuras… foi o que me contaram…. rs

      A Ana além de morrer de ciumes do pai e detestar quando ele elogia certos atributos femininos, é cheia de atitude. Fica brava e sai… haha… e eu adoro provocá-la. Casos de família. 🙂

      Como é 1/2 beijo? E por que a parcimônia? rsss

      Beijinho, mas inteiro.

      Ivan.

  3. BOM DIA!
    Antes de mais nada estou aqui para agradecer a visita e seu comentário tão significativo para mim. Eu ando um pouco ausente, minha conexão anda péssima, lentíssima. Como já havia dito, eu moro dentro de um pedacinho da mata Atlãntica e o sinal aqui é muito dificultoso. Além do mais, com toda essa chuva que tem caído tenho mantido o meu computador desligado por conta dos raios, já queimei uma televisão por causa disso, aqui não tem pára-raios ( agora vê, acostumada com cidade grande, achei que no mato poderia existir um pára-raio – só eu mesma). Espero que compreenda as diversas limitações de quem escolheu viver no mato.
    Hoje eu trago uma história bem legal, por um acaso sabe onde fica a tal casa-da-mãe-joana? Então vá até lá conferir.
    A medida do possível vou colocando as histórias, com a lentidão de sempre.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER… agradece mais uma vez a sua visita esperando que volte sempre.
    BOM DOMINGO.
    Saudações Florestais !
    http://www.silnunesprof.blogspot.com

    1. Oi professora Silvana,

      Vou falar de meu pai pra você. Finalmente eu conheço alguém que realmente mora no mato. Ele vivia dizendo que quando se aposentasse iria morar no mato. Por enquanto, ele continua na selva de pedra. rsss
      Obrigado por sua visita e melhores conexoes para você aí na mata atlântica.

      Beijoca.

      Ivan.

  4. O recado vai para ..*as entrelinhas.*
    Nem Freud foi capaz de aparar arestas como esse texto.
    Agora… o que resta …é … Um super Obrigada.

    Beijos

    Ps… Oba hoje é domingo… dia de macarrão, amendoim torrado em casa. Silvio Santos e Fantásticos! … mas dá espaço pro Café filosófico na cultura… rssss.. até o sono chegar….

    1. Querida Juju,

      Freud é ‘amateur’ eu sou ‘pro’… hahaha… que bom que serviu.
      Aproveite o Silvio hoje. Ele é imperdível.

      Beijoca.

      Ivan.

  5. Caraca…você falou com a sua filha como se fosse um “buddy”? Ela bebe cerveja e vê futebol?

    Sem comentários… 😛

    1. Oi Cecilia!

      A Nega [Ana] é minha boneca. Eu é que tenho mania de encher o saco dela.. rsss… Ana bebe muito pouco cerveja e é fanática pelo furacão [Atlético – PR]. Nesse exato momento está roendo as unhas na Arena da Baixada.

      Obaaa… tem fotinha do Mestre Haku!! 😛

      Beijo.

      Ivan.

  6. Hehehe…ah tá. Tadinha da menina, viu? Se fosse meu pai…ela foi bastante meiga. Não sei se eu teria essa paciência…. 😛

    Ah, esse aqui é o Nino, magrinho e carinhoso. O Mestre Haku é muito metido, só sai em foto sozinho, e é muito gordo, grande e arisco… meio difícil pegar esse tigrão no colo, mas tem ele aqui:
    http://ceciljazzlimao.blogspot.com/2009/07/felis.html

    beijoca

    1. Oi gatinha,

      Se eu fosse teu pai eu não brincaria contigo não. Você iria me dar um passafora daqueeeles… rsss

      Que bonito os bichanos.

      Beijoca.

      Ivan.

  7. que jurada ?!?!?!?!

    kkkkkkkkkkkkk

    (alguem em sã consciência prestaria a atenção na voz, com uma jurada dessas ?)

  8. Acho que os filhos as vezes se sentem o centro das atenções… e quando percebem que não são… fica meio difícil né.r.s.r.s

    Eu sou um pouco assim com meus pais… agora.. não sei como será com meus filhos (caso os tenha).

    Um beijo fofo pra ti querido…

    😉

    1. Oi Sil,

      A sua observação está correta. Dificilmente os pais são tão absortos e irritantes com seus filhos como eu fiz com a Ana. No final das contas eles riem e me chamam de chatos e terminam no meu colo me enchendo de beijinhos… rssssss

      Caso você tenha filhos no futuro, você, bem provavelmente, repetirá comportamentos que hoje você presencia com seus pais. Um dia você me conta. 🙂

      Obrigado pelo beijinho fofo. Outro pra ti.

      Ivan.

  9. Sensivel…..

    Sinto falta dessas conversas…..a única vez q falei com meu (suposto) pai, ele tentava me convencer q nunca traçou a minha mãe….Tenso

    bjos!

    1. Minha linda Amanda,

      Tenso sim, muito tenso. Sinto muito por você. Quando quiser uma conversa dessas, é só me chamar. Prometo deixá-la tensa, mas num sentido muito mais ameno… rsss

      Beijinho.

      Ivan.

  10. hehe…
    parece o meu papo com meu maridex….temos um boa diferença de idade…ou seja…gerações diferentes… ou seja conversa desconexa….
    Mas é divertido viu….
    Ahh…adorei a foto…. adoro foto diferentes…
    aff adoro a diferença….rs
    Bjos diferentes Ivan querido!

    1. Oi Babbi!!!

      Diferença é tudo de bom! É ela que faz a vida mais animada. Detesto coisa igual! rss
      A foto foi tirada pelo celular numa conversa entre pai e filha no parque. A gente estava encostado no capô do carro enquanto os meninos jogavam futebol. A idéia era essa mesmo, i.e, ser diferente.

      Beijos, dos mesmos.

      Ivan.

  11. É Ivan, não o condeno, aqui somos em três mulheres, eu e minhas duas filhas, também já crescidinhas.
    Os comentários entre nós são bastante democráticos, mesmo que por determinadas situações cada qual pense diferente a respeito de cada assunto.
    Mas é assim mesmo, a diferença faz o igual ser diverso.
    Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s