Mundo Corporativo – Dia de Cão

9:01:

Rivanildo se aproxima da minha mesa. Começa a me dizer que gostaria de ser mais popular entre os colegas do trabalho e pede o meu conselho.

Eu pergunto a ele por que eu. Ele diz que “pareço ser admirado pela maioria do pessoal e tolerado pelo restante”.

Desgraçado.

9:02:

Eu sugiro que ele procure aparecer mais, sabe como é “quem é visto é lembrado”, cumprimentar mais as pessoas e tentar brincar um pouco mais.

Rivanildo repete em sussurro “brincar um pouco mais”, solta uma risadinha e sai.

9:03:

Eu me convenço de que acabei de cometer um grande erro.

9:15:

Ouço alguém xingando em alta voz a três cubículos do meu. Corre o boato de que “alguém” entornou pó de café na gaveta da escrivaninha da Cinira.

Vai começar a palhaçada.

10:45:

Próxima vítima: Eu!

Retorno do banheiro, sento à minha mesa e descubro que o meu mouse foi colado com superbonder no mousepad. Mandou bem, Rivanildo. Você me paga.

12:42:

Alceu Cabeção sofre um choque anafilático. Aparentemente algum maluco colocou meio pote de Nutella no sanduíche de peito de peru dele. Uma ambulância foi chamada. Alceu é alérgico a chocolate e avelãs.

13:36:

Avelino do financeiro entra no meu cubículo desesperado. Alguém enfiou todos os extratos de fluxo de caixa de 2009, os holerites do mês e suas fotos de família na picotadora de papel. Quando ele se levanta e sai, eu vejo um cartaz colado nas costas dele dizendo ‘Eu Sou Gay’.

14:54:

Maria do Rocio dá um berro.  Eu corro até a cozinha do escritório a tempo de ver o Tito ajudando o Rivanildo a sair de dentro da geladeira já com os lábios azulados de frio. Aparentemente ele esvaziou a geladeira, se espremeu todo lá dentro e esperou alguém abrir a porta para então saltar e dar um susto no desavisado.

16:12:

Rivanildo volta ao meu cubículo.

Eu digo: “Você está passando dos limites.”

Ele diz: “Não! Claro que não estou. Eu estou fazendo todo mundo dar risada.”

Ele me conta que está pensando em disparar o alarme de incêndio ou jogar um ovo na cabeça do Ivo.

Ele me pergunta: “Qual das duas coisas é mais engraçada?”

16:13:

Rivanildo estoura 3 ovos na cabeça do Ivo.

16:14:

Ivo dá um soco na boca do estômago do Rivanildo.

17:02:

Eu saio da empresa. Quando chego ao estacionamento eu ouço o alarme de incêndio disparar.

_______________________________________________________

33 comentários sobre “Mundo Corporativo – Dia de Cão

    1. Maíra,

      Ria, pois o Riva não vai entrar na sua baia e espalhar sapos pelo chão…. haha

      Obrigado pelas palavras, meu bem.

      Beijinho.

      P.S.: Sou fã desde os 12 anos… ainda na época do Pro-Keds, do Kichute, do Bamba e do Conga.

    1. Querida Sentimental,

      Rivanildo só queria sociabilizar com os colegas de trabalho. Ele apenas não sabe contar piadas… rsss

      Ivan.

    1. Querida Rô,

      Acabei de mandar seu beijo pro Riva e ele me perguntou se você “era gostosona e tem cabelos longos”. Eu confirmei as duas informações.
      Ele deu um sorrisinho e fez uma bola de chiclete. Se eu fosse você, manteria distância, ou se quiser pagar pra ver, aprenda antes como tirar chiclete dos cabelos.
      De qualquer maneira eu agradeço os beijos.

      Bitoca.

      Ivan.

  1. Preciso dizer que a culpa foi sua?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Pra gente assim só podemos aconselhar o isolamento….

    bjos!

    1. Doce Amanda,

      Não seja injusta! Eu sou uma pessoa que se apega às minorias. Quando alguém vem a mim em busca de opinião, de conselho, de ajuda, eu faço de tudo para ajudar. Repare que meu conselho ao Riva foi completamente coerente e profissional. Eu disse, basicamente, pra ele ser mais simpático, oras. Eu não tenho culpa se aquele mentecapto interpreta as coisas desse jeito. O Riva é especial. Se ele ficar no isolamento ele vai aprontar consigo mesmo… rsssss

      Beijinhos.

      Ivan.

  2. Ahahahahahaha

    Adoro esse lugar!

    Riva é um ser com problemas, precisa de ajuda especializada, profissional, seja um terapeuta ou uma prostituta. Ambos fariam um bem enorme a ele. 😉

    Beijos, querido.

    ℓυηα

    1. Oi Luna,

      Junte-se àqueles que amam esse lugar! É uma verdadeira festa.
      Quanto ao seu parecer em relação ao Riva, saiba que já tentamos a opção prostituta. O pessoal aqui fez uma vaquinha [um bolão] e demos o dinheiro para o Riva contratar uma quenga pra dar um trato nele. Acontece que ele usou o dinheiro em outra coisa e pagou a mulher com um cheque. A mulher entrou com um processo junto ao Procon porque ele, apesar de dar um cheque sem fundo, ele quis que a bisca transasse com os cachorros dele e não com ele. A mulher já ganhou a causa em duas instâncias.
      Terapia? Nem pensar.

      Ha!

      Beijoquinhas.

      Ivan.

    1. Oi Dani,

      Que bom te ver por aqui!
      No dia em que uma tpm encontrar o Riva, você quis dizer.. .rs
      Se você tivesse lido mais sobre o dito cujo, saberia que ele é o cão em forma de… gente. Ha!!

      Beijo.

      Ivan.

      1. Oi!
        Pois eu gostei de estar por aqui e vou voltar sempre, viu?
        Obrigada pelo comentário e pelo carinho.
        Também adoro o Zéfiro – já fiz um post sobre ele, inclusive. Mas acho que é um estilo muito diferente do Arthur des Pins,que é mais moderno e menos pornográfico.

        Quanto ao Riva, algo me diz que vou conhecê-lo bem ainda. rs

        beijo rouge

        Dani

  3. Adoro tocar alarmes.
    É que nem jogar coisas pela janela.
    Tu nunca tiveste vontade de deixar o celular escorregar da tua mão, da janela do visegimo quinto andar?
    tem algo de redentor nisso..

    Beijos

    1. Oi Taynar,

      Que surpresa boa te ler por aqui!
      Respondendo à sua pergunta: Não, nunca tive essa vontade. Se você tiver, aproveite o natal e mande o seu pra mim por sedex! 😛
      Mas, olha, eu já joguei um saco de lixo de 50 litros cheio de água do décimo andar. Eu queria “molhar” algumas pessoas. Na hora H eu decidi jogar num estacionamento que ficava ao lado do prédio. Resultado: um fusca com a capota amassada. A cratera foi tão grande que quase tocava o volante! Hahaha… delícia de merda feita por um moleque de 14 anos. Uhuuu
      Mas, entendo o seu ponto. Já fiz coisas redentoras, mas num formato mais convencional.

      Beijoca.

      Ivan.

  4. kkkkkkkkkkk…

    To chorando de rir aqui…

    Dança cheio de estilo.
    Cada um no seu quadrado!

    Só não dá pra arriscar na coreografia.

    Adoro isso aqui.

    =)

    1. Oi meu bem!

      Isso aqui te adora também!

      Vamos dançar? Eu faço o Obamis e você faz a Hillary!
      O Rivanildo faz o Bill Pinton! Ha!

      Beijinho.

      Ivan.

    1. Querida Miss,

      Riva é o verme do cocô do cavalo do bandido. E o pior de tudo é que ele só vive me procurando. Só sobra pra mim!! Eu nao fiz por merecer!

      rssss

      Beijoca.

      Ivan.

  5. Cuidado com estes conselhos pro Rivanildo. Ele é um pouco exagerado, tadinho!
    Mas, vamos pensar pelo lado bom, agora que ele se ‘socializou’ bastante vai ficar um bom tempo quietinho…
    Beijos

    1. Querida MM,

      Como é que se pode ter cuidado quando os conselhos vão para uma pessoa exagerada? O conselheiro não pode ser responsabilizado, oras bolas!
      E, tadinho my ass! Você acha que ele parou? Nessa semana as calotas do carro do Ivo apareceram no carro da Maria do Rocio, dois sapos foram encontrados na sala de xerox, dentro da caixa de papel A4, e no papel de parede do micro do seu Alarcón, que é judeu, tinha uma foto de Hitler.
      Quietinho ou não?

      Ha!

      Beijoquinhas.

      Ivan.

  6. Kichute, Bamba e Conga.
    Nossa bons tempos aqueles, o kichute não usei…rsrsrs, mas Bamba e Conga, adorava.
    Hoje estilo all star ajuda, sou fã também..!
    E o Rivanildo….(belo nome) merece….:)

    E os beijos??
    São para você Ivan.

    1. O melhor da Conga, do Bamba e do Kichute é quando eles ficavam gastos. Dava dó quando não serviam mais… rsss

      Beijinho pra ti tbm.

      Ivan.

    1. Marcelo,

      Guardando as devidas proporções entre critérios temporais, eu tenho que admitir, você está coberto de razão!

      😉

      Abração.

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s