Mandando Bem no Elevador


Eu, Sérgio, estou apaixonado por Cibele. Hoje entramos juntos no elevador. Só nós dois.

3º Andar

Eu digo: oi.

Cibele dá uma olhadinha para seu iPhone.

4º Andar

Ela levanta os olhos e diz: Célio, né?

5º Andar

Sérgio.

6º Andar

Coço a cabeça.

7º Andar

Nós dois tossimos ao mesmo tempo.

8º Andar

Eu digo: Então, o que vai fazer no fim de semana?

9º Andar

Lavar roupa!

10º Andar

Eu [falando merda]:  Enfrentar um tanquinho, hein? Bom para os braços.

11º Andar

Ela dá uma risada sem graça: Pois é, quem sabe eu use os pés dessa vez. Preciso tonificar as pernas.

12º Andar

Cibele passa a mão pelos cabelos e desabafa: É do trabalho pra casa, da casa pro trabalho. Ninguém merece! E eu morrendo de vontade de um choppinho, cineminha, uma baladinha…

Eu aceno com a cabeça em sinal de concordância, mas não percebo a deixa.

14º Andar

Eu [falando mais merda]: Aproveite para lavar o banheiro. Assim você diversifica – vai do tanque pra privada, da privada pro tanque. É quase uma ‘caminhadinha’ no parque.

15º – 19º Andar

Silêncio desconfortável.

Eu, de olhos fechados, fico imaginando nós dois dançando uma música romântica no elevador. Cibele me dá uma olhada como se estivesse vendo um bêbado mijando com o cinto na mão ao invés do pinto, e diz: Você… está dançando sozinho no elevador?

20º Andar

Eu sentindo uma vontade de dizer:

Sim, porque o ritmo da sua beleza me cativou feito a sedução de um tango

Mas, acabo dizendo:

Não. É que eu peidei.

21º Andar

Outra pausa em completo silêncio.

Ela, não sei por que motivo, se espreme no canto do elevador com um olhar assustado.

22º Andar

Cibele diz: Olha, Célio, quer dizer, Sérgio. Você é gay?

23º Andar

Eu olho pra ela boquiaberto.

Ela diz: Deixa pra lá.

24º Andar

As portas se abrem.

Nós saímos. Eu vou para a esquerda. Ela vai para direita.

Eu acho que mandei bem…

_______

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

39 comentários sobre “Mandando Bem no Elevador

  1. Boooa champs!!

    Mais uma dessa e ela casa com voce!!

    Preciso te dizer que a criatividade dos homens ultimamente tem me decepcionado.
    Fui abordada no MSN dia desses com uma frase mais ou menos assim:
    “Oi, só passei pra te passar uma cantada…” (fim)

    Pelo menos eu me divirto.
    Bjs Ivan!

    1. Oi querida,

      Pois é, o tal Célio, quer dizer, Sérgio realmente tipifica os homens atuais e a maravilhosa arte de levar uma conversa…
      Que bom que você faz do limão uma limonada. Você é [Fran]tástica! Sacou? Sacou?

      Ha!

      Beijos,meu bem!

      Ivan.

  2. Aff…

    Eu não sei o que faria nesta situação.. mas acho que eu brigaria.. odeio ser tratada como amélia….rs..

    Doido!

    Bjos bb..

    1. Oi Sil,

      O Sérgio não a tratou de Amélia. O problema dele é a sua inabilidade de se expressar bem. Há certas pessoas que são assim. Pensam numa coisa, desejam uma coisa, e acabam dizendo outra. No caso dele, puro nervosismo. Ele poderia ter se oferecido a ajudá-la com as tarefas de casa, ou se dispor a quebrar a monotonia da vida dela, mas não o fez. E veja que no final, ele acha que se saiu muito bem. Essa é uma crônica que relata algo muito comum nos dias de hoje.

      🙂

      Beijo.

      Ivan.

  3. Nossa, que idiota.

    Não me venham com essa de “idiotas também amam”. Um bunda-mole desse merece mais é ficar sozinho pro resto da vida bebendo Itaipava (cerveja mais aguada não tem) na frente da TV com o Campeonato Brasileiro e criando barriga com seus gases nojentos (eu aplicando a nobre e sofisticada Arte de Praguejar). 🙂

    beijo

    1. Ê linguinha ferina. Mas, mandou bem. Ontem eu levei uma fechada no trânsito e ao invés de xingar de arrombado eu praguejei com arte: “Desejo que uma porta se feche em seu dedo e que ao chegar no médico para fazer curativo, você pegue infecção hospitalar!” Ha!

      😛

      Beijo.

      Ivan.

  4. Ivan,

    Você acha que tem salvação? Quero dizer, que o pobre do Sérgio perceba que ele, definitivamente, não mandou bem?

    E eu não acho que o Sérgio seria capaz de pensar em “Sim, porque o ritmo da sua beleza me cativou feito a sedução de um tango”, só você seria.

    beijo

    obs.: E a frase do recadinho: e se…

    1. Querida Daiany,

      Suas percepções são boas e razoáveis.

      Acho que ele tem salvação apenas se encontrar uma mulher que goste tanto dele e que tenha uma personalidade capaz de dizer a ele para parar de ser escroto e de enrolar. Alguém que o pegue no elevador e lhe enfie um beijo de língua que dure do primeiro ao vigésimo andar. Existe tal pessoa [do sexo feminino?]

      Acho que Sérgio tem tesouros escondidos e pode ter pensamentos mais bacanas do que peidar no elevador. O problema é ele tirar isso pra fora.

      Beijos, minha linda.

      É, e se…

      1. Olá, Ivan!

        Descobri vc lá na Fal.
        Vou aproveitar para comentar não só o post mas também o comentário do post (mulher prática é outra coisa…rs).
        Olha só… você não tá exigindo muito dessa hiper super mulher antenada, não?
        Gostar de um cara sem noção, inseguro, alienado e que não aposta em si mesmo. Ele aposta na mulher que vai tascar o beijo de língua no elevador.
        P.S. 1: Ela existe mais vai fazer dele gato e sapato (sinto informar),
        P.S. 2: Adorando o seu blog! May I eventually visit you?

        1. Dear D,

          A Fal é meio traíra.. cuidado com as indicações dela! Ha!
          D., eu acho que estou exigindo demais do Sérgio, quer dizer, do Célio… ele não suporta 10 minutos no mundo dela. 🙂 Sérgio e Cibele são antíteses do mundo moderno… rs

          You sure can come over anytime, darling. More power to ya, always!

          Ivan.

  5. A Cibele estava cansada, foi isso. Se estivesse em um dia melhor, diria algo assim para o Célio. Opa, Sérgio :

    ” – Tu é um babaca sem noção, mas é gostosinho. Vamos sair, beber um chopp, e eu te dou umas dicas. Pra começar, te ensino que falar em pum e cocô é coisa que só interessa aos homens. Mulheres não se empolgam com esse tipo de assunto…”

    Rs

    “E se eu quiser brincar de falar sério, será que rola?”

    Beijos, meu bem.

    ℓυηα

    1. Oi Luna,

      Acabei de responder o comentário da Daiany Maya e você comentou. Incrível a semelhança das suas palavras com o que eu conversei com a lindinha da Daiany. Boa sincronia essa. 🙂

      Beijocas.

      Ivan.

  6. Ivan, Ivan !

    cara…conheço alguem que sou assim…

    depois sai falando pra todo mundo que a gostosa pagou o maior pau…

    faz parte de nossa parvoisse…

    e se ela ri de vc quando passa com as amigas, acha que ta rindo pra voce e te elogiando pras amigas…

    fazer o que…

    abçs

    1. Grande Claudio!

      Você questionou e eu nao sei o que dizer. O que pode fazer uma criatura dessa? Sei lá, entrar na fila novamente e aprender a conversar? Ha!

      Abração.

      Ivan.

  7. Cidade São Paulo.

    Musica ambiente no elevador :
    Como uma onda no mar .. como uma nda no marrr….

    3 andar … Bom dia
    2 andar … Bom dia
    1 andar…. Será que chove???
    Terreo ….. Pode ser .. glub lgub glub… ( rs)

    Beijos , Senhor Ivan

    1. Querida Juju,

      Eu só acredito nas notícias de SP quando elas me vêm de você. Lembra aquele puff que tentei vender por aqui, né? Aquele mesmo que você queria, mas nao tinha emissário. Pois bem, troquei por uma bóia estilo câmara de pneu de caminhão. A danada cabe 5 adultos e 3 gatos. Se tu quiser eu te empresto.

      Saudades de você. Ando numa correria de louco.

      Beijos.

      Ivan.

  8. Ivan, meu bem, eu acho que você devia ser caridoso e bonzinho e ajudar esse rapaz.
    Acredito que apresentar o amordepapelao.com.br pra ele seria um começo. Quem sabe ele não aprendia a dizer o que nós, mocinhas (sempre carentes e em busca dO tal), queremos tanto ouvir?
    Ah sim, se o sem jeito não conseguisse falar assim, de uma vez, ele poderia começar a deixar uns papelõezinhos, assim, na mesa dela, sabe?

    rsrsrsrsrsrsrs

    E meu bem, eu nunca brinco com assuntos sérios.
    E, então…?

    Beijo beijo.

    1. Maíra,

      Eu até pensei na sua ideia de colocar uns amores de papelão pra ajudá-lo, mas depois cheguei a conclusão que se uma pessoa não é capaz de dizer certas coisas por si só, então melhor que não diga de forma alguma.

      Continue sendo uma menina séria! 😉

      Beijocas.

      Ivan.

  9. Cibele pensando assim que sai do elevador
    esse Sergio … é meio esquisito mesmo … mas, é tão fofinho, vai ver que o problema sou eu, acho que eu não fui muito clara, é deve ser isso, acho que eu preciso ser mais clara, deixar mais evidente ….
    Cibele pega o interfone, está nervosa, não sabe se aquela é uma boa hora, pode atrapalhar … mas liga assim mesmo, está decidida.
    ela: Oi, Sergio, é Cibele.
    ele: …
    ela: Estava aqui pensando, é, tipo assim, se você gostaria de …
    ele: …
    ela: Vou falar logo de uma vez …
    ele: …
    ela: Quer ir brincar no play???!!!

    1. Sérgio: Você sabe pular amarelinha?
      Cibele: Célio… quer dizer, Sérgio… isso é uma metáfora…
      Sérgio: Me… o que?
      Cibele: táfora… tipo.. brincar no play é ficar junto… conversar… dar a mãozinha… uns beijinhos…
      Sérgio: Mas, não podemos pular amarelinha?
      Cibele: podemos Sérgio… mas, fica pra quando você crescer um pouco mais…
      Sérgio: …

  10. Sérgio: Você sabe pular amarelinha?
    Cibele: Célio… quer dizer, Sérgio… isso é uma metáfora…
    Sérgio: Me… o que?
    Cibele: táfora… tipo.. brincar no play é ficar junto… conversar… dar a mãozinha… uns beijinhos…
    Sérgio: Mas, não podemos pular amarelinha?
    Cibele: podemos Sérgio… mas, fica pra quando você crescer um pouco mais…
    Sérgio: …

  11. Meu Deus! Os personagens ganham vida…e eu me acabo de rir, por aqui.

    Coisa boa, todo mundo se sente em casa, vai tirando os calçados, pegando cerveja na geladeira…muito ótimo! Adoro! 😀

    Beijos, bb.

    ℓυηα

    1. Luna,

      Meu sonho é ver todos os personagens ganharem vida. Tenho a impressão que eles têm sempre coisas tão interessantes e impressionantes a dizer. Me ajude aqui, Luninha… dê vida aos personagens de vez em quando, faz isso?

      Bitoca.

      Ivan.

  12. Tsc, tsc… tadinho!
    Ajude ele, Ivan! Dê umas dicas, faça um perfil dele no ‘Azar Perfeito’… sei lá… mas desse jeito… sei não…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s