Conversando Com As Árvores Guardiãs Parte IV [Final]

– Conhecer a resposta não é a mesma coisa que saber, Ivan

– é, acho que não é. Obrigado, adoraria ficar, mas … a vida … lá fora …

…………………………..

– É ela!

– É ela!

– É mesmo!

– A moça das coxas grossas!

– ah, se ela chegasse um pouquinho antes …

– Psiu! Quietas! Árvores novas não sabem guardar segredo!

– Bom dia, minhas amigas. Que segredo?

–  É … nenhum. Quer dizer, acho que não é segredo, ninguém me pediu segredo.

– Então, me conta, adoro segredos que não são segredos.

– Adivinha quem acabou de sair daqui?

– Quem?

– O cara que escreve em papelão.

– Queeeeeem?

– O Ivan, claro!

– E ele falou com vocês? Oquequeeledisse?

– Ele disse, contou, cantou e perguntou.

– Como assim ??

–  … de importante foram duas coisas: ele disse que acha que te ama, e amor é sempre bom.

– Sempre  [suspiro]

– E perguntou se “tem loucura que parece sanidade”. Você sabe a reposta, não sabe?

– Sei … acho que sei.

– Então conta para ele.

– Conto.

Fim

……….

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

22 comentários sobre “Conversando Com As Árvores Guardiãs Parte IV [Final]

  1. Ai….Simplesmente apaixonante!!!

    Garotinha de muita sorte ,essa a das coxas grossinhas…rs

    um beijo com gosto de chuva!!!!

  2. [suspiros…]
    O final foi perfeito, fiquei até sem palavras… mas, ao te ler, uma música não me saiu da cabeça…
    “Quando a luz dos olhos meus
    E a luz dos olhos teus
    Resolvem se encontrar
    Ai, que bom que isso é meu Deus
    Que frio que me dá o encontro desse olhar …”
    Sou apaixonada por esta música e fã absoluta de seus textos!

    1. Querida M.M.,

      Fiquei super feliz por suas palavras de incentivo. Realmente foi divertido criar algo assim. Você é muito gentil e incentivadora.

      Obrigadão.

      Beijinho.

      Ivan.

  3. Adoro finais felizes.
    🙂
    Boa sorte pra menina de coxas grossas e pro menino de olhos incrivelmente verdes. rs

    Depois fui ouvir a música (linda!) que você cantou pras árvores, e vi que a minha citação dela nem é a mais significativa.
    Acho que a última frase explica bem a poesia de todo o resto:
    “Entender o verdadeiro sentido das coisas
    É querer saber demais, querer saber demais…”

    Vou parar tentar de entender, e tentar só sentir.
    Quem sabe assim, né?

    Beijo Enorme

    P.S.: amei seu lado poeta e escritor de fábulas. Só mostra mais uma vez o quão doce você é.

    1. Maíra,

      Obrigado por ter acompanhado a fábula e por suas palavras tão encorajadoras. Você é uma amiga maravilhosa e gentil.
      Sentir entendendo, e entendendo sentido é uma boa alternativa. Não tem como dar errado.

      Boa sorte para todos nós!

      Beijinhos.

      Ivan.

  4. Ai, ai… (suspiro longo e profundo)

    E a chuva chegou para trazer alegria às árvores, aos olhos incrivelmente verdes, e aos olhos que, certamente admirados, olhavam para os olhos incrivelmente verdes.

    Não terei mais como observar árvores em dia de chuva, sem dar uma espiadinha, ao redor, tentando enxergar esse casal.

    ^^

    Não seja malvado, meu bem, escreva mais fábulas. O que há de mais doce em mim, agradece.

    Beijo, beijo.

    ℓυηα

    1. Luna, meu bem.

      Eu não planejo nada que escrevo. Tudo começa com uma palavra, uma frase, um parágrafo. Às vezes uma imagem me inspira e algo surge. Essa fábula foi escrita dessa forma. Eu não garanto uma outra, mas se o pingo da chuva cair e me indicar um caminho, eu garanto que escrevo. Combinados assim? 😉

      Um beijo enorme pra você.

      Ivan.

  5. Ivan,

    Já ouvi dizer que uma pessoa só pergunta o que, no fundo, ela já sabe. Não concordo com isso, vide minhas perguntas sobre física ótica. ¬¬

    Mas há certas perguntas, há certos questionamentos que só são feitos quando, se ainda não há a resposta, pelo menos o caminho para encontrá-la já está trilhado. Este é o caso.

    Faço voz com o coro: continue com as fábulas. São uma delícia. Como só você sabe ser, quero dizer, escrever.

    😉

    1. Boca,

      O que você quer saber sobre física ótica. Pergunte que eu respondo! ^^

      Você é muito inteligente, meu bem. Seu raciocínio quase sempre arranca de mim um riso de satisfação. Este é o caso.

      😉

      Ivan.

  6. Olá Ivan,
    Li novamente as 4 partes de Conversando com as Árvores Guardiãs, na sequência.
    E não escapei dos suspiros involuntários.
    A grande lição prá mim foi o ‘conhecer, reconhecer e festejar’.
    E essa última colocação, na frase da imagem, foi a derradeira lucidez.
    Um grande abraço!
    D.

    1. Oi D.

      Eu agradeço de coração por seu interesse em ler meus textos e por sua bondade ao elogiá-los. Eu acho que suspirar é acordar de um sonho que estamos tendo, acordados! Eu vivo suspirando! rsss

      Beijão!

      Ivan.

  7. Ivan,

    Já li e reli e cada vez eu gosto mais, dá uma sentimento bom, meu coração sorri quando leio uma coisa assim, é tipo uma coisa engraçada no coração, sabe? 😉

    As árvores são muito sábias, gosto demais delas, e melhor ainda é saber ouvi-las…

    beijos

    1. Querida Clarice,

      E eu preciso aprender a receber amor sem abaixar ou coçar a cabeça, sem trançar os pés, ou por a mão esquerda tapando a face… obrigado, obrigado, obrigado. This is good love!

      Esse lance de árvore é bem antigo em minha vida… eu tive amizade com um cajueiro e minha mãe confirma que isso é da época dos meus 5 anos de idade. Pau que nasce torto… Ha!

      Beijocas.

      Ivan.

  8. . . . tem coisas que não tem como explicar…descrever…nem sequer comentar…nesses momentos palavras não são suficientes…

    Beijo!!!!

    1. Sandra, meu amor!

      Adoro quando você sai de trás da árvore e vem fazer um comentário aqui. Eu fico assim toodo bobo sabendo que você curtiu a historinha e que ela te deixou speechless.

      Você é muito amada por mim, e você sabe disso!

      Milhões de beijos.

      Ivan.

      1. …que vc me ama eu sei sim….rsrsrssr…mas vou confessar: A D O R O quando vc diz isso!!!!!
        Beijoooooooooo

    1. Alma,

      Obrigado por sua visita e comentário. Seja sempre bem vinda aqui!

      … a conversa é totalmente de doidos sim.. e os dois [ou mais] se entendem perfeitamente bem … rsss

      Beijinhos.

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s