Argentina, campeã mundial.

Nesse fim de semana passado fui ao cinema duas vezes. Na sexta feira eu assisti a Homem de Ferro II e no domingo vi o ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro, o argentino El Secreto de Tus Ojos. Meus filhos Arthur e Juliana me acompanharam ao primeiro filme. Antes do filme, jantamos. Eu e o Tuca no Subway e a Juju escolheu uma batata assada do Sub’s. Claro, que sendo nós dois machos dominadores, além de comermos nossos sandubas, atacamos a batata da Juju [que em suas próprias palavras diz Juliana doesn’t share food], enquanto ela tentava escapar pelo serengueti da praça de alimentação, nós lutávamos pela casca assada da batata como leões lutam pela carcaça de um búfalo. Ok, viajei, mas deu vontade de contar.

Bem, eu sou suspeito pra falar de Iron Man porque ele era o meu super-herói favorito na infância. Mas é fato: o filme é duca! Trilha sonora com muito, muito, muito, MUITO rock’n roll do AC/DC, o filme mostra um Tony Stark mais narcisista do que nunca e tendo que lidar com a possibilidade da morte, e ainda tentando encontrar na putaria a felicidade que só desfruta ao lado da loira Pepper Potts. Bem, me deixa contar o final do filme… Brincadeirinha! Mas, não deixe de ficar até o final dos créditos. Isso. Deixe o cara que limpa as pipocas emputecido, mas só saia quando acabarem completamente os créditos. Se você curtiu Marvel, você vai me agradecer pelo resto da vida, e se quiser me pagar, eu garanto, vai lhe custar.

O filme El Secreto de Tus Ojos dos hermanos também é duca! Não. É super duca! Oscar mais do que merecido. Se deixassem na mão do público a escolha de melhor filme, certamente bateria os smurfs de Avatar e o campeão Guerra ao Terror. Contra os Bastardos de Tarantino, já não dava pra competir. Não dava. A trama é muito bem costurada, e o longa passeia entre nuances de humor, sensualidade [de primeiríssima qualidade], mistério, suspense, emoções. Uma fotografia com destaque na arquitetura antiga de Buenos Aires, e a frugalidade de uma cidadezinha do interior. O final é assim… Nãooooo! Eu não vou contar o final. Mas, eu vou citar algumas coisas lindas. Benjamin vive uma paixão inconfessa por Irene [meu Deus, ela é linda mesmo], decide escrever, depois de aposentado, um romance baseado em fatos reais. Há uma linha que me marcou no filme, que diz: “Não foi outra vida. Foi esta… Como se faz para viver uma vida vazia? Para viver uma vida cheia de nada?” E tem o impagável Sandoval. Eu indico fortemente esse filme.

Os gringos, os da América do Norte são foda. Os gringos, os da América do Sul também o são. Quando eu morava lá no Texas, eu provocava uma discussão com meus amigos americanos que me divertia muito. O campeonato de Futebol Americano e a Liga de Beisebol têm em comum um fato esdrúxulo. Ambos são jogados em solo americano, mas tanto o campeão da NFL como da MLB são declarados Campeões Mundiais. World Champion my ass!!! Eu dizia para os meus amigos. Hollywood é fodástico. Eles sabem entreter. Mas, eles não são campeões mundiais de porra nenhuma. El Secreto de Tus Ojos mostra que os gringos daqui também são muito bons. Me encantó la Película!! Tony Stark finalmente se declarou para Pepper Potts, [ooops contei] de uma forma previsível, pragmática, mesmo assim emocionante. Mas, o drama de Benjamim e Irene não tem nada de pragmático, nada de óbvio, e só a paixão retratada em O Amor Nos Tempos do Cólera me emocionou tanto quanto essa dos irmãos argentinos. Eu saí do cinema certo de que não quero viver uma vida cheia de nada, e quero viver agora, nessa, não em outra vida. Vejam.

. . . . . . . . .

16 comentários sobre “Argentina, campeã mundial.

  1. Assombro… Sera que um dia isso vai deixar de me assombrar… Isso de que foi nessa vida foi um dos lances que mais me impressionou no filme, pq em determinado momento a consciencia de que foi nessa vida e que ainda ha tempo me pegou… Alem disso os olhares trocados… O filmaço mesmo .. Qto ao resto, a imagem linda, suas palavras…nem vou falar, pq vc ja sabe vc sabe tudo????

    1. Ah, você se assombrou também, né Pingo?

      Eu fiquei super impressionado com aquela fala, por isso não esqueci. E eles a repetiram diversas vezes no filme.
      E mais, você falou bem: Os olhares!!!!!! O que foi aquilo??? Louvado seja o cineasta que consegue fazer dos olhares, do silêncio [quando não tem alguém com pipoca ao lado] as cenas que mais falam num filme. Nossa, você me lembrou bem. Os olhares. Aqueles entre Irene e Benjamin, entre Benjamin e Morales [o viúvo], os olhares.
      Eu sei tudo sim. Tudinho. 🙂

      Beijinho.

      Ivan.

  2. Cariño,

    O Amor Nos Tempos Do Cólera impressionou-me sobremaneira.
    Vou correndo ver O Segredo dos Teus Olhos ( o nome já é lindo ).

    Lembra de ver Não Se Mova…

    Quanto ao Stark, eu já sabia. Há!

    Beso

    1. Oi querida!

      Cara, O Amor Nos … [nome grande da porra!] é um dos filmes de amor mais lindo que já vi. É tocante, não é?

      Corra pra ver o argentino, deve estar perto de sair de cartaz.

      Pronto, já vi no site. Aí em Campinas NÃO está passando no D. Pedro nem no Iguatemi, e o restante dos cinemas daí a Universal comprou tudo! Cidade de mierda!!

      Vai ter que alugar, fia. E sabe Deus lá quando! Nos camelôs, onde tu compra teu acervo, só vende pornô e Rambo. Piff.

      Vou te contar o final. É assim, ele entra na caverna e encontra a Evita Perón vestida de Madonna brincando com Michael Jackson. The End.

      Ha!

      Beijos

      Ivan

      1. Des-Cariño.

        Humpf.
        Sou totalmente contra compras no camelô, viu.
        Não pela proteção de autoria e tal… é que o lugar é feio, cheira mal, cheio demais de gente desprovida de beleza e tals… pronto. Confessei. Fujo de lugar cheio de gente desprovida de beleza. Admito.
        Obrigada por já ter visto que aqui niente do filme.. afe
        Vou concordar com você…
        Então… Homem de Ferro, aí vou euzinhaaaaa!

        Fio, como que tá as oreias?

        beso.

        SV

  3. Mi amado Ivanzito…

    Me gusta la dramaticidad de los amores ahogados en las entrañas y la caliencia de los sentidos más fuertes de la gente de habla hispanica.
    Si, ellos tienen la seguridad y la maestria del tempero acido y dramatico de la intensidad latina y el pulsar unico de esta gente… aún los de mexico o de españa lo saben hacer muy bien – me encanta!
    Soy apasionada por sus ‘scripts’, interpretaciones y me toca muchisimo aún cuando es algo sencillo y sin mayores pretenciones.
    Voy a asistir a la película que ha sugerido y te cuento dispues.
    Por supuesto, voy a llorar a los montones, porque si, soy una tonta completa… llorona y romantica hasta los uesos!
    Me ha dado ganas asistirlo contigo! :p

    Mil besos!

    Cuidate mucho!

    Amapuchos y apuruchos!

  4. Amore…
    Homem de Ferro, meu herói pra sempre…
    fora que o Downey Jr é um pedaço né…rs
    Boa dica, vou assistir com o muleque no final de semana.
    Entre argentinos e americanos….fico com os argentinos…melhor picanha do mundo….hauhauhauahuah
    Não entendo NADA de filmes….hehe
    mas se quiser falar sobre comida é só me chamar…

    Bejitos…..

    1. Falemos de comida! Que tal a Scarlet Johanson???? Downey Jr. my ass!!!!

      Se bem que sou fã do cara… manda muito bem!

      Beijocas, sweety!

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s