Porque nem sempre o tempo é a gente que faz…

Bem, essa é uma afirmação complexa… o tempo a gente faz, ou o tempo é que faz a gente. Nesses últimos dias o tempo tem me feito, e eu não tenho feito muito além do que o tempo tem deixado. Se eu pudesse fazer o que eu quero, eu teria postado alguns textos durante todo esse tempo sem tempo, se é que você me entende…

Mas, eu até achei tempo para comer bacalhau no sábado, entrar numa sala de cinema, ir ao estádio ver o Flamengo perder [priceless], mas o tempo me achou é sentado com a bunda na minha cadeira de tradutor que faz minha bunda parecer cada vez menos bunda e cada vez mais tábua de passar tempo trabalhando…

Desculpa a você que reclama do meu silêncio, mas você não tem ideia como eu devo desculpas a mim mesmo, kadekê escrever vicia, e eu estou subindo pelas paredes para achar tempo que a gente pensa que faz e não faz porra nenhuma, porque ele é quem faz a gente e, agora, quase 1 da manhã, o tempo me diz que ainda me quer amarrado aos pés da escrivaninha, feito escravo chinês nas lojas de confecção trabalhando no tempo que o tempo diz que é dele, mas que já já volta pra mim e eu… fumo meu baseado de textos mulambos, sapecas, capetas, infantis, cheios de xisssssss… e eu acho que vou parar por aquiiiiiiii… mas, antes vou fazer um xixiiiiiiiiiiii…. e xiiiiiiiiii… nao falo, nao escrevo mais nada com nada, não é Marcelino.. vem comigo ali para o banheiro que de cansado eu vou fazer xixi sentado com um livro na mão…

Uma imagem, porque mesmo sem tempo, Virginiano é escravo de manias, e sem imagem eu não fico.

Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Transformai
As velhas formas do viver
Ensinai-me
Oh Pai!
O que eu, ainda não sei
Mãe Senhora do Perpétuo
Socorrei!…

7 comentários sobre “Porque nem sempre o tempo é a gente que faz…

  1. Pois que esse tempo sem tempo tem feito bem. Ora, que pingadinho às vezes é melhor =)

    Tem mudado o estilo, né, Sr. Ivan? Pois bem, muito me apetece isso.

    Ó, um pouco é prioridade, né? Tá querendo ficar rico aí pra que? Hãn? Desse jeito quem aguenta? Lindo, cheiroso, gotôso, inteligente, com dois olhinho de uvinha itália, e rico? Ai que o rico eu não aguento.

    beijo

    Obs.: Adoro te constranger de elogio

    Obs. 2: Que ninguém tem nada a ver com isso

    Obs.: Beijo de novo porque estou com tempo. Ha!

    1. Oi Lu,

      Obrigado pela visita! Eu amo o tempo porque é nele que existo. Não posso ser atemporal, preciso estar nele e ele em mim. A relação às vezes é conflituosa, mas sempre conclui em harmonia. E viva o tempo!

      Beijo!

      Ivan.

  2. Ivaaaaaaaaaaaaaaan

    Mas sumiu mesmo, hein? Nossinhora!
    Já ia ligar aí, chamar a polícia! Poderia ter sido a moça que trabalha aí na sua casa(esqueci o nome dela)!

    Tempo é dinheiro, Ivan!

    Beijo,
    Nara

    1. Nariiiiiiiiiiiita que me chama no destempo do meu coração!

      Mãe Nossinhora do Perpétuo Socorrei!

      Fia, além da caveira de burro enterrada sob a casa de todo tradutor, também a gente enterra um credo que diz que a alma foi vendida ao tempo e o tempo não negocia recompra. Tá foda mesmo! Mas ainda sobra tempo pra dar umas beijinhos numa boquinha ‘tailor-made’ pra minha! Ha!

      Quanto a Nina, eu ando passando de banda por ela, sabe? Mas, eu juro que outro dia eu escutei um suspiro daqueles profundos. Se eu sumir, tu pode ficar com meus ‘creme’, tá?

      Beijinhos, bem.

      Ivan.

      PS: Como vai Rodolfo? Mande abraços.

  3. Se pudesse te dava o meu…tenho tempo de sobra!!!!
    É o que mais tenho tido ultimamente….
    Enfim, as pessoas nunca estão satisfeitas..rs

    Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s