Eu vim de branco pra ser mais claro!

Ontem eu fui assistir a Bem Amado, um clássico restaurado e lançado há poucos dias no cinema. Eu me lembrei do tempo em que assistia ao atual filme em forma de telenovela às 10 da noite, quando crianças da minha idade, então naquela época, não se sentiam atraídas por um tipo de sátira tão politizada.

Eu guardo cândidas lembranças do Coronel Odorico Paraguaçu na pele de Paulo Gracindo. Todavia, como o idioma trelelento e muxibento do ilustre prefeito de Sucupira contagia, eu prefiro não me alongar muito nessa minha escrevilância para não escrever besterença, portanto vou ficando nos finalmentes e escrever mais prafrentemente.

4 comentários sobre “Eu vim de branco pra ser mais claro!

  1. “Tem certas flores, que são belas e perfumadas enquanto estão nos galhos, nos jardins. Levadas pros jarros, mesmo jarros de prata, ficam murchos e morrem.” Jorge Amado – Trecho de Gabriela Cravo e Canela.

    1. A senhorinha pare de arrumar intrigância!!! Isto deve ser obra da esquerda comunista, marronzista e badernenta!!

      hahaha

      Beijocas.

      Ivan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s