Certas Coisas Simplesmente Não Funcionam

Aconteceu há alguns anos, quando eu me divorciei e estava me sentindo entediado e muito, muito solitário. Era um sábado à noite, e eu não tinha planos para nada.

CORTA PARA:

Eu estava ao telefone com uma amiga que sugeriu que eu me levasse para jantar.

IVAN: É sábado à noite. Nem a pau que eu vou sair pra jantar sozinho.

AMIGA: Não seja burro. Pegue uma sacola de compras, coloque umas peças de roupa dentro, pegue a câmera fotográfica e sente em um bar. Vai parecer que você só deu uma passadinha pra jantar no caminho de volta pra casa.

IVAN: Pode esquecer. Nem a pau!

AMIGA: O que mais você vai fazer? Você disse que está se sentindo sozinho e entediado. Qual o problema?

IVAN: Você ouviu o que você disse? Você está me dizendo pra ir a um restaurante lotado SOZINHO e com uma sacola cheia de roupas já usadas, com uma câmera no pescoço, e fingir que eu passei o dia todo fora, fazendo compras e fotografando a natureza. Isso é loucura e não vou fazer isso nem fodendo!!

AMIGA: Eu aposto cinqüentão que você vai conhecer alguém.

CORTA PARA:

Eu dobrando um jeans velho uma camiseta e colocando numa sacola da M.Officer da época que eu tinha dinheiro pra comprar roupa lá.

CORTA PARA:

Eu entrando no meu Fiat Uno ’99 [repelente de xana] com uma câmera digital, e segurando uma sacola de compras.

CORTA PARA:

Eu estacionando meu carro a uns 2 quilômetros de distância do restaurante, correndo o risco de ser assaltado, só para os manobristas não verem o “repelente de xana”.

CORTA PARA:

Eu, sentando num bar, num restaurante italiano lotado, um barulho ensurdecedor, como se eu estivesse jantando num heliporto, com essa câmera enorme e a sacola da M.Officer no colo, comendo um polpetone cu [cu, não cru] e planejando, com riqueza de detalhes, como eu daria fim à vida da minha amiga.

Bem, eu tentei conversar com as garçonetes, que tinham idade para serem minhas filhas, mas elas não me deram a mínima. Estava na cara que elas não queriam papo comigo pela forma em que fingiam estar atendendo outros clientes. Uma delas, que eu chamei de “garota que eu não tinha nada que flertar com ela, mas que em face do meu desespero até a mãe dela iria compreender minha situação” chegou ao ponto de fingir que estava abrindo uma garrafa de vinho que alguém supostamente havia pedido, só para não fazer contato visual comigo.

CORTA PARA:

Minha sacola da M.Officer caiu no chão espalhando minha roupa usada pra todo lado.

CORTA PARA:

Um casal, os dois na faixa dos 60 anos, sentado próximo de mim, me ajudou a pegar as roupas espalhadas pelo chão e também a câmera que havia se espatifado jogando as pilhas AAA pra todos os lados…

CORTA PARA:

A senhora começa a dobrar os meus jeans e me diz:

MULHER: Meu filho, tem uma mancha na sua calça. Se eu fosse você iria lá devolver. Parece ketchup.

CORTA PARA:

Falando em ketchup, minha cara foi ficando vermelha porque eu sabia que provavelmente a mancha era mesmo de ketchup porque eu estou tão cansado no fim do dia que me esqueço de olhar se minhas roupas estão manchadas, embora eu tenha o hábito, desde que me conheço por gente, de usar a barra da minha calça como guardanapo reserva.

CORTA PARA:

Eu pagando minha conta e pulando fora do restaurante, pensando se busco um seminário para virar padre, ou se acho um matador de aluguel para eliminar aquela “amiga” filha de uma égua.

CORTA PARA:

Anos depois, eu nunca mais falei com essa amiga, e ela nunca me pagou a aposta.

CORTA PARA:

Mais tantos anos, eu ainda tenho os mesmos jeans, e continuo passando sábados de muito tédio e me sentindo solitário.

*******

23 comentários sobre “Certas Coisas Simplesmente Não Funcionam

  1. Tb fiquei triste… me bateu uma melancolia…

    As vezes mesmo acompanhada, me sinto assim, um pouco sozinha….com calça suja de ketchup…

    acho q isso é do ser humano!

    bj

    1. Minha flor,

      Essa é a pior solidão, minha querida… aquela que a gente sente quando acompanhado de alguém…. temos que confiar… em dias melhores. E nada de ficar tristinha, o Léo já já está entre nós… prometo que vou visitá-los, e serei padrinho com o maior orgulho!

      Beijinhos.

      Ivan.

  2. Dias assim existem.
    Tão certo quanto dias melhores virão.
    Diria que até precisamos de dias como estes.
    Beijos da ori e bela semana =D.

  3. Ivanzoca meu amor….

    Que saudades de você…
    Olha , eu sempre vivi assim…mesmo junto de alguém, estou sempre sozinha…sempre me falta alguma coisa…mas aí o defeito sou eu…sempre quero o que não tenho…
    Mas olha só, é uma bosta ficar sozinho, porém, antes só do que mal acompanhado….
    Coração, vamos no show do U2 comigo?? Abril de 2011…
    Vamos encarar? Maridex disse que tá velho pra essas coisas…topas?

    Beijão, e você não está sozinho!!! NUNCA, sua maninha tá aqui…..( abusada…..rs)

    Love.Babi

    1. Babi, minha fofura!

      Olha só, isso não é legal, né? Mas, a gente tem que acreditar e não desistir. Tenhamos fé!

      Quanto ao show, em 2011, se eu for responder como aquele cara fodão capaz de tomar decisões futuras e cumprí-las, pode esperar que vou comprar um óculos de sol da coleção do Bono, uma calça apertadinha de couro [pensando bem, remove essa parte] eu lhe digo: compre o meu ingresso já, colado no palco. Mãããããsssss como eu nao planejo nem o dia seguinte, eu respondo que, quando chegar perto você volta a me chamar que eu vou na boooooa… rsssss

      Ok.. eu não estou só.. nunca estou!

      Beijos, sis!

      Ivan.

      1. hehhe….lindão, eu também odeio planejar…. but….
        é o homem da minha vida esse tal de Bono….kkkkk
        Sabecomoéqueé…né…..
        Love you , brother…

        baccio mio core

  4. Oww Ivan , eu tb já fiz umas loucurinhas como esta viu….Mas a vida é como a natureza tem seu tempo (estações) , ums alegres como o verão , o sol, outros frios como a neve, risos na primavera, mas cada uma estação existe a beleza de se viver , mesmo que no momento não possamos enxergar isso.
    Fica um xero pra ti.

    1. Oi Roberta,

      Muito obrigado por sua visita e sua participação. Palavras sábias as suas… estações… é bem isso.. estações.

      Outro xero!

      Ivan.

  5. Adorei conhecer teu “cantinho” , aliás os dois “cantinhos” , o papelão é um mimo e me vejo
    muito em tudo …foi um achado encantador.
    Ahhh agradeço seu comentário.

    xero e outros tantos de coisas boas.

    Roberta.

    PS: acho que vou ser visita assídua…rsrsrs

    1. Roberta,

      Que doce que você é. Fico bem feliz por ter curtido o Lúdico. É aqui que eu me divirto quando quero deixar a imaginação solta, ou simplesmente ser uma pessoa previsível. Seja sempre muito bem vinda.

      Beijocas e xero.. rss

      Ivan.

  6. Oi Ivan, a Gi me passou o endereço do teu blog.
    Gostei muito do texto.
    Nem sei se vc ainda lembra de mim…risos
    Vc me conheceu como Tasha!!!
    Beijos

    1. Taaaaaaaaaaaashaaa!!! Que loucura!!!!! Caraca, é muito tempo!!! Essa Gi é fogo! Valeu, Gi!! rsss

      Ah, ainda tem dúvida se eu me lembro de você? Como você está? Quero saber das novidades.

      Beijoquinhas!!

      Ivan.

  7. INVANZITO MEU AMOR… LINDAOOOOOOOO!!!!!

    Estávamos pertinho!!! Ah! se soubesse, teria marcado um Acarajé de Cira pra gente comer, uma moqueca no Pelô e uma fugida MARAVILHOSA no Abaeté!!

    AMOOOOOOO SORVETE DA RIBEIRA DE TAPIOCAAAAA e de MANGA!!!!

    Chegamos quase juntos das andanças de terras nordestinas!!!
    Estou de volta à Brasilia (sábado 02/10), morenamente bronzeada e linda (vou te mostrar, prometo!) e, com uma saudade de muitas coisas, inclusive de você, do seu blog e de estar na internet falando com amigos, consumindo letras e saboreando emoções!

    Estive 60 dias fora de casa (CANSAÇO E PRAZER) – 15 em Feira de Santana, 5 de fugida em Lauro de Freitas, 3 na Praia do Flamengo, 2 em Patamares, e mais de 30 em Aracaju, gerindo um projeto publicitário eleitoral e prestando consultoria e treinamento pra 3 empresas. Foi um desafio interessante!

    Tô feliz, mas mortinha!

    Qro te contar essa minha odisséia… com o mero intuito de te fazer sorrir, e muito!

    Mil beijos no teu coração e saiba, em noites como essas que vc citou… te faço companhia com meu coração, tenha certeza.

    Te DoLo Mtooooooooo lindão!

    Bjux

  8. Já passei por isso e sabe o que é melhor? Descobrir que optar por ir a um lugar maravilhoso – só com você mesmo – e amar essa companhia! é sinal que um dia a gente aprende a se amar mais que a qualquer outra pessoa … e que analisando bem, vc é bem legal..rs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s