Body talks

Imagem

Ontem meu filho foi me buscar no aeroporto. Um homenzarrão, alto, quase 1,90 m, ombros largos, boca perfeita, olhos verdíssimos, nariz de imperador, corpo de atleta, filho meu. No dedo rodava o chaveiro com a chave do meu carro. De pronto notei que vestia camiseta colada ao corpo (ele pode), uma calça nova, tênis novo, que ele fez questão de me ligar, enquanto eu viajava, para contar que comprara com o próprio salário na “Luizio Bertollini”.

– Oi filho!

– Oi pai. Fez boa viagem?

– Sim, mas o avião arremeteu…calça nova, tênis novo, tá bonito, hein?!

– Pois é, gostou?

– Gostei. Só não entendo como é que num frio desgraçado desse você não colocou um casaco…

– Então, era sobre isso mesmo que eu queria conversar…

– Não precisa. Você sempre soube usar muito bem sua linguagem corporal. Quanto custa o casaco?

– Haha, você é esperto, pai.

– Você é mais, Arthur.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s